AREDE será lançada nessa quarta-feira em noite especial na Casa das caldeiras

Foto Arquivo Casa das Caldeiras (3)

AREDE será lançada nessa quarta-feira em noite especial na Casa das caldeiras

Casa das Caldeiras recebe importantes profissionais do mercado de eventos para o lançamento da AREDE – projeto que propõe transformações positivas no mercado de evento com atenção para a sustentabilidade, originalidade, afeto, respeito à diversidade e à essência de cada celebrante. Uma grande noite repleta de surpresas!

Foto Arquivo Casa das Caldeiras (6)

Grandes nomes no mercado de eventos realizam a Mostra Experimental da AREDE na Casa das Caldeiras

Acontece hoje, dia 25 de abril, a Mostra Experimental da AREDE.  Uma grande noite de lançamento do projeto AREDE, reunindo profissionais importantes do mercado de eventos na Casa das Caldeiras.  Cada criativo integrante do projeto fará sua participação através de uma experiência diferente, expondo sua potência criativa, sua forma de fazer, seus desejos e suas inspirações.

Fazem parte do projeto nomes como Vivi Barros Buffet, Divani Gastronomia, Buffet Rinzler, Doce Arte, Bardu Bar Eventos, bar Picco, Cervejaria Vermogen, Keiko Kamimura Arte & Decoração, Boutique de Cena, FulôMobile Festas, Perfil Lighting, Deixe seu Retrato, Lov&Inspire, Camila White (Beauty Artist), RB Park, WPW, FAQUI Segurança, Módulo Palestras e Eventos, Eccaplan com o Sou Resíduo Zero, MDL ProduçõesWDC It Solutions. Os artistas Carlos Maldonado, Stephane Marcault, Achilles Luciano, Carolina Sudati, Leo Ceolin, Lia ParisDJ Trusty, DJ Doctor C, EmbolexVisualFarm e A.V. Randon.  

Todos estes nomes estarão reunidos com um grupo seleto de convidados especiais que poderão provar um pouco do que essa rede de parceiros já construiu. Será uma noite de experiências sensoriais muito peculiares que demonstraram um pouco do que essas pessoas anseiam como transformações positivas no mercado de eventos.

Pensando desde a recepção dos convidados, até o descarte dos resíduos produzidos por um evento, como criar formas mais genuínas, humanas, afetuosas e poéticas de se reunir, se conectar e celebrar?

A arquitetura peculiar onde está instalada a Associação Cultural Casa das Caldeiras (integrante do projeto AREDE) servirá de território para que grandes nomes do mercado de eventos promovam uma noite de experiências sensoriais, que ocuparão esta antiga fábrica construída em 1920 e restaurada em 1998-1999 – a Casa das Caldeiras – de diversas formas.

Foto Arquivo Casa das Caldeiras (5)

O evento contará com o artista e psicólogo Carlos Maldonado como mestre de cerimônias e com os artistas visuais Stephane Marcault e Achilles Luciano. Carolina Sudati apresenta uma performance com tambores tibetanos e, junto com Leo Ceolin, uma performance com uma grande fogueira dentro do túnel das chaminés da Casa das Caldeiras. A música fica por conta da apresentação de Lia ParisDJ Trusty, DJ Doctor C e Embolex, que terão como aliados os vídeo mapping, projeções feitas pela VisualFarm, Embolex e A.V. Randon que promoverão  experiências intensivas em tecnologia, transitando entre a arte, arquitetura e o entretenimento.

Uma experiência gastronômica com Vivi Barros Buffet irá inspirar os convidados a encontros afetuosos ao redor da mesa, enquanto a Divani Gastronomia apresentará um cardápio especial e Buffet Rinzler trará o seu carro chefe. A Doce Arte produzirá as receitas de doces artesanalmente, personalizando-os para o evento. Bardu Bar Eventos e o bar Picco promovem degustações de drinks na linha da mixologia, enquanto a Cervejaria Vermogen promove degustação de cerveja artesanais.

A ambientação e cenografia ficam por conta de Keiko Kamimura Arte & Decoração, Boutique de Cena e Fulô (florista). A Mobile Festas e Perfil Lighting trazem também elementos para a ambientação, e a Deixe seu Retrato se conectará com os convidados através da fotografia.

Lov&Inspire em conjunto com a Camila White (Beauty Artist) ocupará um dos espaços da Casa das Caldeiras que será dedicado à explorar possibilidades de arranjos de cabeça e cabelos para cerimônias. Cuidando da comodidade e cuidados estarão RB Park, WPW e FAQUI Segurança.

Módulo Palestras e Eventos dará o tom teórico da noite e receberá os palestrantes:  Alexis Anastasiou (Visualfarm) para falar de vídeo mapping e sobre o lançamento de seu livro, Marcelo Flores (produtor de mega eventos como Fifa Fan Fest, Reveillon na Paulista, Carnaval de Salvador, entre outros), Fernando Beltrame (Sócio Presidente da Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade), Ana Bogossian abordando o tema “Moda: Seu estilo e seu consumo atual” e Alexandre Waclawovsky que vai falar sobre Transformação Digital e seu desafio para os negócios.

Eccaplan realizará uma operação durante o evento chamada Sou Resíduo Zero que cuidará para que os resíduos deste evento tenham um destino sustentável. Fazem parte ainda da Mostra Experimental do projeto AREDE a MDL Produções (som) e a WDC It Solutions.

AREDE propõe ainda a criação de um espaço para diálogo sobre a atuação coletiva e individual de cada participante no mercado. Um fórum que aos poucos vai sendo construído e tomando forma para transformações futuras. Por isso, durante o evento da AREDE haverá a construção coletiva (junto aos convidados), de um MANIFESTO que tem como inspiração: a valorização do encontro entre profissionais e consumidores da área de eventos, ampliando possibilidades criativas e inovando com poesia, com intenção, potência e, principalmente, com afeto.

Esses criativos acreditam que podem transformar a forma como se concebe as celebrações e, assim, produzir diferentes maneiras genuínas de se reunir. Entendem que, para avançar com inovações e propostas de qualidade no mercado, é necessário um momento de retorno, um momento de reconexão com a essência do sentido de celebrar.

Mostra Experimental – Projeto AREDE

Grandes nomes do mercado de eventos se reúnem ocupando o edifício Casa das Caldeiras para compartilhar os anseios do projeto AREDE. Uma reunião de criativos e criadores, pensando e experimentando, formas originais, genuínas e afetuosas de celebrar.

Quando: 25 de abril de 2018

Horário: 17:00 às 22:30 hs

Evento especial para convidados

Local: Casa das Caldeiras

 Fotos: Casa das Caldeiras e Keiko Kamimura

Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – lucigandelini@gmail.com

Tsunany Turbinado no Teatro Fernando Torres – 03 de maio

FOTO 01 (2)

Tsunany Turbinado

No próximo dia 03 de maio a atriz e comediante Nany People fará única apresentação no Teatro Fernando Torres do stand-up TsuNANY Turbinado.

O solo relata de maneira divertida os diversos “mal-sucedidos hábitos” da vida moderna, como a cirurgia plástica sem limites, os exercícios físicos em excesso, os hábitos alimentares desregrados, o uso indiscriminado e, muitas vezes, indevido de celulares e, consequentemente, os hábitos sobre os relacionamentos sociais, afetivos e sexuais.

No espetáculo, a atriz apresenta uma personagem que traz o comportamento de uma relatora social, que expõe assuntos sobre os diversos temas e permite o espectador se tornar um observador de si mesmo e, é claro, mantendo a linha espontânea e a intensa interação com o público.

SERVIÇO:

LOCAL: Teatro Fernando Torres, (Rua Padre Estevão Pernet, 588 – Tatuapé). 685 lugares.

DATA: 03/05 (Quinta 21h30).

INFORMAÇÕES: 2227-1025

VENDAS PELA INTERNET: www.ingressorapido.com.br

INGRESSOS: R$ 50,00 (inteira), R$ 25,00 (meia).

DURAÇÃO: 70 min

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

Sesc Consolação recebe a Jorge Garcia Companhia de Dança em PLANO-SEQUÊNCIA/ TAKE 2

 

PLANO-SEQUÊNCIA TAKE 2-fotoSilviaMachado (6)

Fotos de Silvia Machado

 

Sesc Consolação recebe a Jorge Garcia Companhia de Dança em PLANO-SEQUÊNCIA/ TAKE 2

 

De 24 de abril a 3 de maio de 2018, a Jorge Garcia Companhia de Dança ocupa o Sesc Consolação para apresentação de seu último espetáculo PLAN0–SEQUÊNCIA/ TAKE 2.

Criado em função e a partir do espaço que ocupa – em 2017 a obra estreou na Casa das Caldeiras e para tanto fez uma imersão em suas dependências – ‘PLANO-SEQUÊNCIA/ TAKE 2’ reescreve agora em 2018 sua coreocinegrafia para o espaço da área de convivência do Sesc Consolação. A temporada, curta (24 de abril a 03 de maio), foi antecedida por um período de ensaios (9 a 19 de abril) na própria unidade. A companhia também ofereceu um curso Coreocinegrafia: câmera, espaço e performatividade (9 a 12 de abril).

 Plano Sequencia Take 2 - Foto de Gabriela Branco (2)

Foto Gabriela Branco

 

PLANO-SEQUÊNCIA/ TAKE 2

O espetáculo é inteiramente imerso na interação com o cinema, a coreografia é filmada e transmitida ao vivo, em um único plano-sequência. Em mais de uma hora sem interrupção e um take, os sete bailarinos em cena – incluindo o próprio diretor Jorge Garcia – se alternam entre filmar e ser filmado.

O mais recente trabalho do grupo tem uma importante contribuição no processo de pesquisa e criação: a provocação do cineasta Heitor Dhalia, que ajudou na aproximação com a linguagem cinematográfica, uma característica da Jorge Garcia Companhia de Dança que se mantém ao longo das produções.

O público do espetáculo verá uma coreografia que se projeta e se movimenta em função da câmera. Por outro lado, o próprio ato de filmar se transforma em ação. Quem filma e quem está sendo filmado faz parte da cena. “Gosto dessa mistura de linguagem: um corpo que está em cena filmando um corpo vivo. Para mim, é dança, é movimento. Às vezes, o corpo que filma dança mais do que o que está na frente da câmera”, diz Jorge Garcia.

A companhia mergulhou em um intensa pesquisa com o cinema desde Take a Deep Breath, peça de 2016, feita no espaço do próprio grupo, a Sede Capital 35, em Perdizes. Lá, embora o grupo já usasse a ideia de longas sequências em tempo real e discutisse os limites do que é ou não parte da cena, ainda não explorava um lugar aberto, com interferências da cidade.

Interlocutor no projeto, o cineasta Heitor Dhalia lançou ideias de sua experiência com o cinema para ajudar a companhia a ampliar as possibilidades de caminhos e de formatos da união entre dança e cinema.

O Jorge é um criador totalmente conectado com o nosso tempo. Produz uma arte urgente, em movimento, que pesquisa uma intersecção entre linguagens. No caso, o cinema e a dança. Sou fã dessa pesquisa e acho que novos significados surgem a cada espetáculo. É fascinante ver um grupo com uma visão criativa tão interessante e desafiadora“, afirma Dhalia.

Corpo-câmera

Na nova coreografia, os bailarinos se transformam em corpo-câmera no manejo da 70D, da Canon. O trabalho de gruas e travellings feito no cinema geralmente por máquinas, no espetáculo são conduzidos pelos próprios intérpretes, em deslocamentos de grande exigência física – para que as imagens não tremam ou sofram com passagens bruscas.

Fizemos um grande estudo para adaptarmos essa linguagem à dança. Desde como o corpo se comporta para usar a câmera, passando por entender a fotografia e a luz no cinema até a captação direta de áudioconta Jorge.

Para chegar a esse resultado, o grupo contou com a experiências de alguns profissionais de diferentes áreas em workshops, realizados ao longo do ano: “Corpo-câmera”, com o também bailarino e artista multimídia Joaquim Tomé; “Experiências cênicas na construção de um ato-espetáculo-DRAMATURGIA”, com Rogério Tarifa, diretor, ator e dramaturgo; “Experiências cênicas na construção de um ato-espetáculo – O som no cinema”, com Diego da Costa, diretor, roteirista, montador e microfonista de cinema; “Cinematografia”, com o diretor de fotografia Azul Serra.

Jorge Garcia (Diretor e Intérprete)

Jorge Garcia começou sua carreira aos 19 anos, em Pernambuco, na Compassos Cia de Dança. Mas sua inquietação com o movimento vem desde a infância, quando gostava do surfe e do futebol de várzea. Combinou essa herança corporal com estudos em danças populares brasileiras, dança contemporânea e balé clássico.

Chegou a São Paulo aos 23 anos e ingressou como bailarino da Cisne Negro Cia de Dança. Depois, a convite de Ivonice Satie, passou a integrar o elenco do Balé da Cidade de São Paulo. Nesse grupo, permaneceu por sete anos e criou trabalhos marcantes como Divineia (2001) e RG (2006) e Árvore do Esquecimento (2015).

Paralelamente, participou e criou para projetos independentes. Fundou, por exemplo, o GRUA (Gentlemen de Rua), grupo de improviso, vídeo e performance. Também trabalhou com óperas, teatro, circo e cinema.

Em 2005, fundou sua própria companhia, a Jorge Garcia Companhia de Dança, com a qual se dedica a sua pesquisa de linguagem em dança e outras possibilidades artísticas. São mais de 20 trabalhos entre coreografias, videodanças e performances.

Jorge Garcia Companhia de Dança

Desde que foi fundada, em 2005, a companhia desenvolve pesquisa em dança e busca novas possibilidades na intersecção com outras artes e na valorização dos artistas como intérpretes-criadores em potencial.

Sediada em São Paulo, em um espaço próprio, a Capital 35, o grupo conta com mais de 15 trabalhos apresentado ao longo dos anos e estabeleceu diversas e importantes parcerias com outras artes: teatro, música, cinema e artes visuais. Para tanto, conta com colaboração contínua de artistas e grupos, Ari Buccioni, Leo Ceolin e mais recentemente Heitor Dhalia, que conferem às produções da Companhia uma estética própria.

A Jorge Garcia Companhia de Dança possui em seu repertório mais de vinte produções entre espetáculos, videodanças e performances. Entre as peças, destacam-se Cantinho de Nóis (2005), a trilogia Nihil Obstat(2009), Imprimi Potest (2013) e Imprimatur (2014), Área Reescrita (2010) e a mais recente pesquisa Take a Deep Breath (2016). Em 2014, o editor e poeta Cide Piquet organizou a publicação de Lugar Algum, e-book que reflete e revisa a trajetória da Companhia.

Ficha técnica

Direção e Coreografia: Jorge Garcia

Elenco: Giuli Lacorte, Jorge Garcia, Manuela Aranguibel, Marina Matheus, Rafaela Sahyoun, Mariana Molinos e Felipe Teixeira

Assistente Geral: Gabriela Branco

Design de Luz: Ari Buccioni

Improvisação Sonora: Eder “O“ Rocha

Cenário: Leo Ceolin e Jorge Garcia

Figurino: Jorge Garcia

Design Gráfico: Sonaly Macedo

Registro Fotográfico: Silvia Machado

Produção Executiva: Bufa Produções – Aline Grisa

Serviço

PLANO-SEQUÊNCIA/ TAKE 2

Sesc Consolação – Espaço de Convivência

  1. Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo

Temporada: Dias 24, 25 e 26 de abril e 02 e 03 de maio de 2018

Terça a quinta-feira, de 20h30 às 21h30. Exceto dia 01/05/2018

Gratuito | 60 minutos | Livre.

Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Márcia Marques | Daniele Valério

Fones: 11 2914 0770

2ª edição do Ebulição Instantânea by Rafa Prado reuniu os palestrantes mais influentes do mundo do empreendedorismo para um público com 2.500 pessoas 

Ricardo Amorim_DSC_9963

2ª edição do Ebulição Instantânea by Rafa Prado reuniu os palestrantes mais influentes do mundo do empreendedorismo para um público com 2.500 pessoas 

O final de semana contou com as tendências de empreendedorismo para 2018 e mais de 5 Start Ups participaram da rodada de investimento de 1 milhão de reais 

2ª edição do Ebulição Instantânea by Rafa Prado, considerado um dos maiores eventos de empreendedorismo do Brasil, reuniu os melhores palestrantes para um público com mais de 2.500 pessoas

O final de semana contou com as tendências de empreendedorismo para 2018 e mais de 5 Start Ups participaram da rodada de investimento de 1 milhão de reais

DSC_9912

O Golden Hall Sheraton WTC foi o palco para os palestrantes mais influentes do mundo apresentarem as principais tendências 2018 de negócios, gestão e liderança para ter sucesso na nova economia para mais 2.500 pessoas.

DSC_0956

Apenas os participantes que adquiriram o ingresso VIP puderam participar de uma rodada de investimento chamada de Pitch The Sharks, que segue o estilo “Shark Tank”. Enquanto alguns dos empreendedores selecionados receberam aportes, que poderia totalizar cerca de 1 milhão de reais, outros, sugestões de como conseguir o aporte em uma outra oportunidade.

DSC_1037 (1)

Ao lado de Rafa Prado na rodada estavam os headliners: Kevin Harrington (Shark Tank original da série de televisão nos EUA), Cris Arcangeli (Shark Tank Brasil), Christian Barbosa e Lima Santos (investidores anjo).

DSC_0437

Palestrantes participantes:

  • Ricardo Amorim – Comentarista da Globonews e presidente da Ricam Consultoria, prestadora de serviços na área de negócios e economia global, em forma de palestras e consultoria. Único brasileiro incluído na lista dos mais importantes e melhores palestrantes mundiais do Speakers Corner, Ricardo Amorim profere, há anos, palestras sobre economia e tendências no Brasil e exterior.
  • Janguiê Diniz – Passou de engraxate a dono do maior grupo de educação do Nordeste, o grupo SER Educacional. Hoje o grupo conta com mais de 1.160 cursos em 46 unidades, além de mais de 400 polos de ensino a distância.
  • Paulo Vieira – É presidente da Febracis, considerado o maior coach do Brasil e também o criador da revolucionária metodologia do Coaching Integral Sistêmico, que já impactou mais de 250 mil pessoas ao redor do mundo. PhD em Coaching, atua há quase 20 anos na área de desenvolvimento humano, acumulando mais de 10.700 horas em sessões de coaching individual.
  • Ricardo Bellino – Empreendedor Serial, foi sócio do empresário, hoje presidente dos EUA Donald Trump e também trouxe a Elite Models para o Brasil.
  • George Ross – É vice-presidente executivo da Trump Organization e braço direito de Donald Trump em “The Apprentice”.
  • Robinson Shiba – Dono das redes de fast-food China in Box e Gendai com mais de 150 franquias espalhadas por todo o Brasil. Pioneiro no serviço de delivery.
  • Perry Belcher – Co-fundador da Digital Marketer, é conhecido como mestre dos textos matadores e vendedores. Estrategista de vendas especializado em marketing de autoridade.
  • Carlos Wizard Martins – Fundador da maior rede de ensino de idiomas do Brasil que em 2013 foi adquirida por um grupo britânico no maior negócio do setor de educação já realizado no país. Hoje Wizard é um investidor em novos negócios e empreendedor serial.
  • Everton Rosa – É o primeiro fotógrafo a ter seu próprio programa de TV no Brasil, em 2006 já era pauta em telejornais nacionais, por ter criado produtos de alto valor agregado, foi o único a construir produtos e serviços derivados da fotografia por até 220 mil reais.
  • Kevin Harrington – Empresário, faturou 5 bilhões de dólares com o lançamento de mais de 500 produtos e fez mais de 20 negócios atingirem 100 Milhões de dólares em vendas.
  • Guga Stocco – Co-criador do Banco Original, um dos maiores especialistas do mercado Fintech no Brasil. Conta com um fundo com mais de 100 milhões para investimentos em startups.
  • Randi Zuckerberg – Ela é a CEO da Zuckerberg Media e Former Head de Expansão e Novos Negócios do Facebook, ao lado de seu Irmão Mark Zuckerberg.
  • Jonathas Freitas – é o CEO do Gerenciagram, eleita a melhor plataforma de marketing digital de 2017 pelo prêmio Digital Awards BR, Eleito Empreendedor do ano pelo Prêmio Jovem Brasileiro (PJB2017), Investidor de startups como iTrainner e Empresa Inovadora, Facilitador da Fundação Estudar onde ensina liderança e protagonismo para jovens.
  • Fernando Garcia – Maior especialista em psicodinâmica aplicada aos negócios. Autor best-seller, capacita CEOs, diretores e executivos.
  • Kane Minkus e Alessia Minkus – São considerados os treinadores número 1 em negócios da atualidade na Europa. Já treinaram mais de 100 mil pessoas pelo mundo.
  • Rodada de Investimento com Cris Arcangeli (uma das maiores representantes do empreendedorismo feminino, Shark Tank Brasil), Kevin Harrington, Christian Barbosa e Rafa Prado
  • Edu Lyra – Viveu a infância numa favela em Guarulhos, SP e se tornou jornalista, autor do livro Jovens Falcões, um dos roteiristas do filme “Na Quebrada” e fundador do Instituto Gerando Falcões, que em 3 anos, já inspirou quase 300 mil jovens de periferia através da arte, da música e da literatura. Saiu na lista da revista Forbes como um dos 30 jovens mais influentes do Brasil, com menos de 30 anos e foi eleito Paulistano Nota 10 pela revista Veja.
  • Elton Oshiro – De infância humilde, o ex-carteiro, ex-analista judiciário e campeão de skate, encontrou uma chance para mudar de vida, se dedicou de corpo e alma e atingiu todos os seus objetivos. “Quando você põe a mão nos resultados, você esquece das dificuldades”, enfatiza Oshiro, um dos maiores nomes do marketing de rede no Brasil.
  • Christian Barbosa – Maior especialista em Produtividade do Brasil e fundador da Triad Productivity Solutions.

DSC_0135 (1)

Sobre Rafa Prado

Rafa Prado é fundador e presidente da BCY e movimenta anualmente mais de 20 milhões de reais com a criação de produtos digitais, eventos e imersões no Brasil e exterior com personalidades e grandes empresários. Rafa é também autor do best seller “100 Graus, O Ponto de Ebulição do Sucesso”, lançado pela Editora Gente no segundo semestre de 2016, e realizador do evento Ebulição Instantânea, um divisor de águas no cenário nacional.

III Feira Antropofágica de Opinião

II FEIRA ANTROPOFÁGICA DE OPINIÃO - FOTO CLAYTON LIMA - COMPANHIA ESTUDO DE CENA 8

Companhia Antropofágica promove Ciclo de Abertura da III Feira Antropofágica de Opinião

Evento acontece dois meses antes da Feira oficial e com palestras de Jean Tible, Maria Sílvia Betti e debates com integrantes de cerca de 30 coletivos culturais participantes deste encontro artístico inspirado na Primeira Feira Paulista de Opinião, de 1968 do idealizador do Teatro do Oprimido, Augusto Boal.

Ciclo de Abertura na Oswald de Andrade faz preparação para o Festival que acontece em Maio

“O que Pensa Você do Brasil de Hoje?” – Foi com esse questionamento que Augusto Boal – idealizador do Teatro do Oprimido – reuniu em 1968 importantes artistas da época que foram chamados a responder essa pergunta, originando um espetáculo coletivo que se tornou um marco histórico da arte socialmente engajada: a Primeira Feira Paulista de Opinião.

II FEIRA ANTROPOFÁGICA DE OPINIÃO - FOTO CLAYTON LIMA - CIA DOS INVENTIVOS 15

Cinquenta anos depois, inspirados pelo espetáculo idealizado por Lauro César Muniz, dirigido por Augusto Boal e realizado pelo Teatro de Arena, a Companhia Antropofágica se prepara para realizar a terceira edição da Feira Antropofágica de Opinião, um encontro festivo de artistas dedicados, em suas mais variadas propostas estéticas, à apreensão crítica da realidade brasileira. A mesma intenção de 1968, porém colocada para nossos tempos.

Em um grande festival, que teve edições anteriores realizadas no Tendal da Lapa e Memorial da América Latina, a Antropofágica reunirá artistas, coletivos e pensadores de diversas linguagens (teatro, música, cinema e artes visuais) para uma reflexão social sobre a atual situação do Brasil através da criação artística.

II FEIRA ANTROPOFÁGICA DE OPINIÃO - FOTO CLAYTON LIMA - BRAVA CIA 6

A III Feira Antropofágica de Opinião acontece em Maio, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bairro Bom Retiro. E como parte das ações preparatórias para este grande Festival, nos dias 05, 06 e 07 de março, acontece no mesmo local o Ciclo de Abertura da III Feira Antropofágica de Opinião. Um ciclo preparatório com debates teóricos, composto por três encontros fomentando a formação de um pensamento crítico coletivo em torno da pergunta proposta: “O que pensa você do Brasil de hoje?”

“O Ciclo de Abertura é um momento de aproximação do público com o processo de criação da intervenção dos artistas para a Feira Antropofágica de Opinião. Visa a democratização do processo de construção da Feira, compartilhando com o público debates e teorias presentes nos processos de criação artística, mas frequentemente inacessíveis a quem lida apenas com a obra acabada” – comenta Alessandra Queiroz, integrante da Antropofágica.

II FEIRA ANTROPOFÁGICA DE OPINIÃO - FOTO CLAYTON LIMA - ROSA DOS VENTOS 1

No dia 05 de março haverá palestra e debate com Maria Sílvia Betti (professora assistente doutora da USP) que comentará o Panorama dos 50 Anos da Feira Paulista de Opinião. Em 06 de março, o convidado é Jean Tible (professor doutor do DCP-USP) que comentará o livro Marx Selvagem. O último encontro acontece em 07 de março, com um debate entre os participantes da Feira (que acontecerá em maio) sobre os temas desta edição e o trabalho no campo das artes.

Entre os nomes confirmados para esta edição da Feira estão: Arlequins Grupo de Teatro (Guarulhos), Brava Cia, Cia. do Feijão, Cia. dos Inventivos, Cia. Estável, Cia. Estudo de Cena, Cia. Les Commediens Tropicales, Cia. Teatral Boccaccione (Ribeirão Preto), Cia. Teatral Os Satyros, Cia. Teatro Documentário, Cia. Teatro dos Ventos (Osasco), Coletivo de Galochas, Companhia Ocamorana, Dolores Boca Aberta, Engenho Teatral, Grupo Buraco D’Oráculo, Grupo Clariô de Teatro (Taboão da Serra), Grupo Pandora de Teatro, Grupo Redimunho de Investigação Teatral, Grupo Rosa dos Ventos (Presidente Prudente), Kiwi Cia de Teatro, Mamulengo da Folia (Guararema), Núcleozonautônoma (Santo André), Teatro da Neura (Suzano), Trupe Olho da Rua (Santos), Elaine Guimarães, Quem, Nós?, Coletivo Cinefusão, Coletivo Tela Suja Filmes, Coletivo Zagaia, Alípio Freire, Cássio Brasil, entre outros.

SissyEiko_OLivroTrupeDunavô_128

A terceira edição da Feira representa um duplo aniversário. Além de celebrar os 50 anos da Primeira Feira Paulista de Opinião, esta edição marca também os 90 anos do Manifesto Antropófago (1928), obra de Oswald de Andrade uma das referencias no processo artístico da Companhia Antropofágica.

A escolha da Oficina Cultural Oswaldo de Andrade como equipamento cultural que receberá o Ciclo de Abertura e a Feira, se deu propositalmente por conta desta celebração. Intervenções artísticas serão desenvolvidas pela Antropofágica junto a alguns dos artistas convidados tendo como mote o manifesto de Oswald de Andrade, e apresentadas ao longo dos três dias da Feira.

Além da própria continuidade do fórum artístico que a Feira tem se tornado, a intenção é que seja estabelecido um diálogo importante com o atual momento histórico do país. A população será convidada para participar deste espaço de encontro e debate sobre a sociedade em que vivemos.

Sobre a Companhia Antropofágica

A Companhia Antropofágica de Teatro é um dos coletivos teatrais de São Paulo, sendo composta por mais de trinta integrantes que se dividem entre tarefas de direção, atuação, música, pesquisa, produção, registro. O grupo realiza espetáculos, intervenções artísticas, oficinas e estudos, atuando tanto em sua sede quanto em espaços culturais, escolas públicas e ruas da cidade de São Paulo.

Com um extenso processo de criação, estudo, experimentação e um significativo currículo com prêmios e indicações, a Companhia Antropofágica, é um grupo criado em 2002 que tem a antropofagia como princípio motivador de seu processo sócio-artístico. Em 15 anos de trabalho coletivo contínuo destaca-se uma nítida opção por pesquisar procedimentos, gêneros, autores e textos ligados à tradição das formas híbridas, muito propícias ao ideal antropófago que os move.

Agora o grupo se prepara para contribuir no movimento da cena cultural de São Paulo com este grande festival que receberá importantes coletivos, grupos, artistas e pensadores para pensar o Brasil de hoje.

Ciclo de Abertura da Feira – Entrada Gratuita
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo – SP, 01123-000

Primeiro Encontro – 05/03/2018 – 18h00 – Palestra e debate sobre o Panorama dos 50 Anos da Feira Paulista de Opinião com Maria Sílvia Betti – Pós-Doutora pela New York University, com doutorado (1994) e mestrado (1985) em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. É professora assistente doutora da Universidade de São Paulo, atuando no Programa de Pós Graduação em Estudos Lingüísticos e Literários em Inglês, ligado ao Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Estudos de Teatro (foco em Dramaturgia), atuando principalmente nos temas: Teatro Norte-Americano Moderno e Contemporâneo, Teatro Brasileiro Moderno e Contemporâneo, Dramaturgia Comparada (Estados Unidos – Brasil).

II FEIRA ANTROPOFÁGICA DE OPINIÃO - FOTO CLAYTON LIMA - GRUPO REDIMUNHO 14

Segundo Encontro – 06/03/2018 – 18h00 – Palestra e debate sobre o livro Marx Selvagem com Jean Tible – Professor doutor do DCP-USP, graduado em Relações Internacionais PUC-SP (2001), mestrado pelo Instituto de Relações Internacionais PUC-RJ (2005) e doutorado em Sociologia pela Unicamp (2012). Tem experiência nas áreas de Relações Internacionais e Política, com ênfase nos temas: Marx, Política Externa Brasileira, Revoltas e Movimentos Sociais e Políticos, Teoria de Relações Internacionais e Teoria Política.

Terceiro Encontro – 07/03/2018 – 18h00 – Grupos e Artistas Convidados – Debate com os grupos e artistas convidados a participar da III Feira Antropofágica de Opinião, sobre os dois primeiros encontros e sobre os temas desta edição e o trabalho no campo das artes.

Contato Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel.: 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

No Carnaval a Trupe Dunavô apresenta “O Livro do Mundo Inteiro” no SESC Santana

SissyEiko_OLivroTrupeDunavô_233

No Carnaval a Trupe Dunavô apresenta “O Livro do Mundo Inteiro” no SESC Santana

Adultos e crianças serão convidados a ajudar a criar a história do dia em “O Livro do Mundo Inteiro”, um espetáculo divertido de improviso da Trupe Dunavô que será apresentado no SESC Santana

No domingo de Carnaval tem Trupe Dunavô de graça no SESC Santana

Trupe Dunavô se prepara para escrever uma nova história durante os dias de folia! No domingo de Carnaval (11 de fevereiro), às 14h00, a Trupe apresenta o espetáculo de improviso “O Livro do Mundo Inteiro” no Deck de Entrada do Sesc Santana.

 Adultos e crianças serão convidados a interagir com os palhaços, criar e escrever junto com a trupe a história do dia em um grande e divertido livro. Uma escrita divertida e coletiva!

SissyEiko_OLivroTrupeDunavô_130

 Partindo da premissa da escuta, o grupo se aproxima das pessoas que se mostram abertas ao jogo, e as instiga a embarcar em uma experiência de aproximação, redescobrimento e muitas gargalhadas. Aqueles que aceitam o convite passam por um momento de registros de memórias, afetos e brincadeiras, através de um encontro simples, porém verdadeiro, que estimula a relação do palhaço com o indivíduo comum.

 Formada por Renato Ribeiro, Gis Pereira, Vinicius Ramos e Gabi Zanola, a Trupe Dunavô vem se destacando na cena do teatro infantil de São Paulo com espetáculos de alta qualidade. Durante o Carnaval os integrantes da trupe estarão em ações com outros grupos e coletivos como a Orquestra Modesta (que se apresenta em 10, 12 e 13 de fevereiro, às 16h00, no SESC Consolação) e com o Bloco Unidas Seguiremos, do Circo di Sóladies (que se apresenta no dia 13 de fevereiro, às 15h00,  no SESC Ipiranga).

 A Trupe Dunavô tem em seu histórico uma aclamada temporada no Centro Cultural São Paulo no ano de 2015, quando surpreendeu a todos com uma delicada fábula chamada Refugo Urbano, que arrebatou o público, esgotando ingressos na Sala Jardel Filho.

 Com seus diferentes projetos a trupe já passou por importantes palcos do teatro e do circo, entre eles: Espaço dos ParlapatõesFestival Nacional de Teatro de JalesXII Festival Nacional de Teatro de LimeiraCircuito SP de CulturaFestival RisadariaCircuito Cultural Paulista (APAA-Associação Paulista de Amigos da Arte), Festival Paulista de CircoViagem Teatral SESI 2017Galpão do Folias, Virada Sustentável, além de circular por diversas unidades do SESC de São Paulo e Capital, Fábricas de Cultura e teatros distritais

 Se você ainda não conhece o trabalho deste grupo, não perca esta oportunidade! Para saber mais detalhes, acesse:  www.facebook.com/DuNavo ou www.instagram.com/trupedunavo

SissyEiko_OLivroTrupeDunavô_170

O Livro do Mundo Inteiro

Uma trupe de palhaços chega anunciando que veio escrever uma nova história em seu grande livro. Mas esse é um livro diferente, escrito a varias mãos e muita imaginação. Os palhaços pedem que a plateia os ajude a iniciar uma história, qualquer história… E encorajam as pessoas a participar da escrita deste livro. O público é convidado a embarcar em uma grande experiência de aproximação, redescobrimento e acima de tudo, muitas gargalhadas! De forma divertida, os palhaços encorajam cada indivíduo a participar da escrita deste livro, que conterá a história de todos e do mundo.

SissyEiko_OLivroTrupeDunavô_128

Local: SESC Santana – no Deck de entrada – Endereço: Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana, São Paulo – SP, 02085-100 – Telefone: (11) 2971-8700

Quando: 11 de Fevereiro de 2018 – Domingo de Carnaval – Horário: 14h00

Ingresso Grátis – Classificação Livre

Contato Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini  / lucigandelini@gmail.com

MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo tem inscrições abertas para workshops e residência

MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo tem inscrições abertas para workshops e residência

Dentro do eixo Ações Pedagógicas, as atividades são voltadas a atores, artistas da cena, encenadores, bailarinos, entre outros e contam com artistas nacionais e internacionais. Todos workshops e a residência são gratuitos 

 

À esq., a croata radicana na Espanha Iva Horvat, produtora e bailarina oferece um workshop de Internacionalização de projetos culturais;

à dir., a dramaturga e encenadora sueca Liv Elf Karlén em sua oficina apresenta seu método sobre como percebemos e performamos gênero, sexualidade e raça

A quinta edição da MITsp acontece entre os dias 1 a 11 de março de 2018, em vários espaços da cidade de São Paulo. Como em edições passadas, as Ações Pedagógicas e os Olhares Críticos compõem atividades de igual relevância por propor intercâmbio e aproximação entre artistas de várias nacionalidades e profissionais brasileiros e também levar reflexões sobre o fazer teatral que expanda as apresentações dos espaços cênicos.

As Ações Pedagógicas já estão com inscrições abertas para cinco atividades: a residência com a encenadora alemã Susanne Kennedy e os workshops com a dramaturga sueca Liv Elf Karlén,com os cenógrafos brasileiros Aby Cohen & Renato Bolelli; com a artista e produtora croata radicada na Espanha Iva Horvat, e com a artista argentina Lola Arias.

 

Todas são gratuitas e as inscrições devem ser feitas pelo site da MITsp: www.mitsp.org

INSCRIÇÕES ABERTAS

A alemã Susanne Kennedy, que esteve na edição passada da MITsp com o espetáculo de Por Que o Senhor R. Enlouqueceu?, volta a São Paulo exclusivamente para conduzir a residência artística “Textos Cotidianos na Cena” cujo mote principal é o trabalho com novas formas de linguagem verbal aliadas à precisão das expressões corporal e vocal. Os artistas brasileiros trabalharão sob sua orientação, com apoio das performers holandesas Suzan Boogaerdt (atriz de Senhor R.) e Bianca van der Schoot, que conduzirão a preparação física.

Inscrições: até 4 de fevereiro

A encenadora e dramaturga sueca Liv Elf Karlén  criou um método sobre como percebemos e performamos gênero, sexualidade e raça tanto na vida diária quanto nos palcos. Em seu workshop prático “Des–normatividade: possibilidades criativas de expressão”, ela partilhará técnicas que desconstroem os usuais estereótipos reproduzidos no teatro e também a atuação normativa. Assim, pretende estimular a busca por novas e amplas expressões artísticas.

Inscrições: até 10 de fevereiro

 

Os cenógrafos e curadores brasileiros Aby Cohen & Renato Bolelli Rebouças conduzem o workshop “Intersecções entre poéticas não-verbais” para artistas do desenho da cena (cenografia, iluminação, figurino, visagismo, adereços, multimídia). A ideia é de que os participantes criem narrativas não-textuais a partir de uma provocação inicial: como o teatro capta a vida e a realidade?

Inscrições: até 10 de fevereiro

Lola Arias, dramaturga e diretora argentina, propõe aos participantes uma experiência radical de investigar, por meio de diversos materiais, uma história pela qual são secretamente aficionados. O objetivo do workshop, chamado “Meus Documentos”, é convidar os participantes a propor e organizar narrativas em torno de documentos materiais e simbólicos que lhes sejam bastante significativos.

Inscrições: até 15 de fevereiro

A produtora e artista croata radicana da Espanha Iva Horvat também vem exclusivamente ao Brasil para seu workshop sobre “Internacionalização de Espetáculos”. Com experiência à frente de projetos artísticos de repercussão mundial, a artista e produtora croata Iva Horvat, há anos residente em Barcelona, Espanha, e fundadora da Art Republic, uma agência voltada para a gestão das artes, vem à MITsp conduzir um workshop sobre estratégias de divulgação e de circulação internacional de espetáculos.

Inscrições: até 10 de fevereiro

Mais informações: mitsp.org

Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Márcia Marques | Kelly Santos | Daniele Valério | Flávia Fontes

Fones: 11 2914 0770

Marcia Marques
MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo
Coordenação de Comunicação | Communication Manager
Phones: +55 11 99126 0425 | + 55 11 29140770
ID Skype: canal.aberto
Rua Pedro Taques, 110 – SP – Brasil – CEP 01415-010
www.mitsp.org
www.olharesinstituto.org

 

Dublando papel de Gael Garcia Bernal, Leandro Luna é destaque em novo filme da Disney “Viva – A vida é uma festa” 

Luna 3

Dublando papel de Gael Garcia Bernal, Leandro Luna é destaque em novo filme da Disney “Viva – A vida é uma festa” 

 
Luna interpreta Hector, papel de Gael Garcia Bernal na versão original da animação americana
 
 
Ganhador do Prêmio Bibi Ferreira de melhor ator, em 2016, Leandro Luna é um dos nomes que dá voz ao novo sucesso da Disney “Viva – A vida é uma festa” , que já se tornou uma das grandes estreias da Disney nos Estados Unidos, alcançando topo de bilheteria nas últimas semanas de 2017.
 
Chegando aos cinemas brasileiros nesta quinta (04), o longa conta a história de Miguel, um garoto apaixonado por música que, junto com seu cachorro, tem a chance de passear na terra dos mortos, vivendo uma aventura emocionante, lúdica e cheia de surpresas. Lá eles encontram um mundo místico de caveiras mexicanas onde vive seu ídolo, o famoso cantor, Ernesto de La Cruz, após a morte. Ao longo do caminho, Miguel conhece o encantador e vigarista Hector e, juntos, partem numa viagem extraordinária para desvendar a verdadeira história da família do jovem garoto. 
Luna 2
Em sua estreia dublando um papel principal nos cinemas, Leandro Luna já participou de diversas produções como dublador, além de ter feito diversos papéis de destaque no cinema e teatro. Foi protagonista do longa “Satyrianas – 78 horas em 78 minutos”, um dos protagonistas de “Chaplin – O Musical”, além de dar vida a Charlie Brown, no musical da Broadway “Meu Amigo Charlie Brown”, espetáculo pelo qual lhe rendeu o prêmio de melhor ator de musicais, em 2016. Neste ano, ainda em janeiro, Leandro volta aos palcos com nova temporada da clássica comédia “Amigas, Pero no Mucho”, em São Paulo
 
“Me sinto muito honrado em fazer parte de uma grande produção da Disney. Além de ator, sou dublador há muitos anos e o sonho de todo dublador é ter a oportunidade de emprestar a voz a um papel de destaque como este, ainda mais tendo Gael Garcia na voz original do filme, quem admiro muito como ator. A animação fala sobre a morte de uma maneira leve e lúdica, emocionando e quebrando tabus. Dublar Hector foi a realização de um sonho, o qual realizei com com muito carinho e respeito.”, explica Leandro.
 
O longa traz ainda outros grandes nomes como o cantor Rogério Flausino (Jota Quest) e os atores também conhecidos dos musicais brasieleiros, Nando Pradho, Adriana Quadros e Filipe Bragança, com estréia nos principais cinemas do Brasil, no dia 04 de janeiro. 

Rafa Prado traz Randi Zuckerberg para 2ª edição do Ebulição Instantânea, que terá 17 palestrantes no palco e rodada de investimento 

unnamed (2)

Rafa Prado traz Randi Zuckerberg para 2ª edição do Ebulição Instantânea, que terá 17 palestrantes no palco e rodada de investimento 

Entre as atrações internacionais do evento – que acontece de 2 a 4 de fevereiro – estão renomados como Randi Zuckerberg, Kevin Harrington, Preethaji, Perry Belcher, Kane Minkus e Alessia Minkus

2ª edição do evento Ebulição Instantânea acontecerá de 2 a 4 de fevereiro de 2018 e conta com a presença de 17 palestrantes no palco. Desenvolvido pelo empresário e investidor Rafa Prado, tem como propósito conectar os participantes com seus talentos e levá-las a um novo patamar de desenvolvimento pessoal e profissional. A 1ª edição esgotou em tempo recorde e a expectativa é que os ingressos se esgotem ainda mais rápido na segunda edição.

Os participantes de 2018 que adquirirem o ingresso VIP poderão enviar seus projetos para serem analisados pelos headliners do evento e serem um dos 15 selecionados para apresentar suas ideias ao vivo no dia do evento para uma bancada de 5 investidores.

Em uma rodada de investimento chamada de Pitch The Sharks, que segue o estilo “Shark Tank”, os empreendedores selecionados poderão receber aportes que totalizarão cerca de 1 milhão de reais. Os headliners da rodada serão Kevin Harrington (Shark Tank original da série de televisão nos EUA), Cris Arcangeli (Shark Tank Brasil), Christian Barbosa (investidor anjo) e Rafa Prado.

imagem_release_1170433

Veja a seguir a relação completa dos palestrantes:

  1. Randi Zuckerberg – Ela é a CEO da Zuckerberg Media e Former Head de Expansão e Novos Negócios do Facebook, ao lado de seu Irmão Mark Zuckerberg.
  2. Kevin Harrington – Empresário, faturou 5 bilhões de dólares com o lançamento de mais de 500 produtos e fez mais de 20 negócios atingirem 100 Milhões de dólares em vendas.
  3. Preethaji – Fundadora da One World Academy, já criou cinco negócios bem-sucedidos.  Como mentora espiritual, ela é um raro e iluminado ser que impacta vidas não só com sua sabedoria, mas também com o poder de sua consciência.
  4. Perry Belcher – Co-fundador da Digital Marketer, é conhecido como mestre dos textos matadores e vendedores. Estrategista de vendas especializado em marketing de autoridade.
  5. Kane Minkus e Alessia Minkus – São considerados os treinadores número 1 em negócios da atualidade na Europa. Já treinaram mais de 100 mil pessoas pelo mundo.
  6. George Ross – É vice-presidente executivo da Trump Organization e braço direito de Donald Trump em “The Apprentice”. Tem mais de 50 anos de experiência no investimento imobiliário e ajudou Donald Trump a fechar seu primeiro acordo quando o Trump tinha 27 anos. Ross e Trump estão trabalhando juntos por mais de três décadas, e Ross agora administra todos os licenciamentos de produtos Trump.
  7. Dani Alves – É o jogador da seleção brasileira com mais títulos oficiais na história do futebol mundial. Considerado o melhor lateral-direito do mundo na atualidade, defende o Paris Saint-Germain.
  8. Robinson Shiba – Dono das redes de fast-food China in Box e Gendai com mais de 150 franquias espalhadas por todo o Brasil. Pioneiro no serviço de delivery.
  9. Ricardo Bellino – Empreendedor Serial, foi sócio do empresário, hoje presidente dos EUA Donald Trump e também trouxe a Elite Models para o Brasil.
  10. Ricardo Amorim – Comentarista da Globonews e presidente da Ricam Consultoria, prestadora de serviços na área de negócios e economia global, em forma de palestras e consultoria. Único brasileiro incluído na lista dos mais importantes e melhores palestrantes mundiais do Speakers Corner, Ricardo Amorim profere, há anos, palestras sobre economia e tendências no Brasil e exterior.
  11. Janguiê Diniz – Passou de engraxate a dono do maior grupo de educação do Nordeste, o grupo SER Educacional. Hoje o grupo conta com mais de 1.160 cursos em 46 unidades, além de mais de 400 polos de ensino a distância.
  12. Edu Lyra – Viveu a infância numa favela em Guarulhos, SP e se tornou jornalista, autor do livro Jovens Falcões, um dos roteiristas do filme “Na Quebrada” e fundador do Instituto Gerando Falcões, que em 3 anos, já inspirou quase 300 mil jovens de periferia através da arte, da música e da literatura. Edu foi selecionado pelo Fórum Econômico Mundial, como 1 dos 15 jovens brasileiros que podem mudar o mundo, fazendo parte do Global Shapers. Saiu na lista da revista Forbes como um dos 30 jovens mais influentes do Brasil, com menos de 30 anos e foi eleito Paulistano Nota 10 pela revista Veja.
  13. Guga Stocco – Co-criador do Banco Original, um dos maiores especialistas do mercado Fintech no Brasil. Conta com um fundo com mais de 100 milhões para investimentos em startups.
  14. Paulo Vieira – É presidente da Febracis, considerado o maior coach do Brasil e também o criador da revolucionária metodologia do Coaching Integral Sistêmico, que já impactou mais de 250 mil pessoas ao redor do mundo. PhD em Coaching, atua há quase 20 anos na área de desenvolvimento humano, acumulando mais de 10.700 horas em sessões de coaching individual.
  15. Fernando Garcia – Maior especialista em psicodinâmica aplicada aos negócios. Autor best-seller, capacita CEOs, diretores e executivos.
  16. Cris Arcangeli – Uma das maiores representantes do empreendedorismo feminino. Conhecida por organizar os primeiros eventos de moda do Brasil.
  17. Christian Barbosa – Maior especialista em Produtividade do Brasil e fundador da Triad Productivity Solutions.

A 2ª edição do Ebulição Instantânea unirá novamente arte, investimentos e conteúdo de alto nível. O evento ocorrerá em São Paulo, no Golden Hall Sheraton WTC e as inscrições devem ser feitas pelo site www.ebulicaoinstantanea.com.br.

Sobre Rafa Prado

Rafa Prado é fundador e presidente da BCY e movimenta anualmente mais de 20 milhões de reais com a criação de produtos digitais, eventos e imersões no Brasil e exterior com personalidades e grandes empresários. Rafa é também autor do best seller “100 Graus, O Ponto de Ebulição do Sucesso”, lançado pela Editora Gente no segundo semestre de 2016, e realizador do evento Ebulição Instantânea, um divisor de águas no cenário nacional.

 

Assessoria de Imprensa:

Clozel Comunicação | Jimena Carro – redacao@clozel.com.br

Sesc 24 de Maio recebe estreia de Guanabara Canibal, terceiro espetáculo da ‘trilogia da cidade’, da Aquela Cia.

Sesc 24 de Maio recebe estreia de Guanabara Canibal, terceiro espetáculo da ‘trilogia da cidade’, da Aquela Cia.

Guanabara Canibal ₢ Julio Ricardo (9) (1)

Temporada inédita em São Paulo, acontece de 20 de janeiro a 18 de fevereiro, com direção de Marco André Nunes e texto de Pedro Kosovski; a peça investiga o surgimento da cidade do Rio de Janeiro e leva para o palco a discussão sobre a questão indígena atualmente.

Fotos: João Julio Mello
Fotos de divulgação: http://tinyurl.com/GuanabaraCanibal

O Sesc 24 de Maio estreia em janeiro o espetáculo Guanabara Canibal, com a Aquela Cia., terceira obra da trilogia sobre a história da cidade do Rio de Janeiro, que teve início com as peças Cara de Cavalo e Caranguejo Overdrive. A peça Guanabara Canibal será apresentada na Unidade de 20 de janeiro a 18 de fevereiro, com ingressos que vão de R$ 9 a R$ 30.
Uma primeira questão pode ser colocada para dar início ao tema da peça: “Além de palavras de origem tupi como Guanabara, Maracanã, Ipanema e carioca, o que mais restou de registro da presença dos índios no Rio de Janeiro?”. Em 1567, a Batalha de Uruçumirim, liderada por Mem de Sá, exterminou as tribos indígenas que ali viviam. Após 450 anos, o diretor Marco André Nunes e o dramaturgo Pedro Kosovski, pesquisaram as raízes da fundação da cidade do Rio de Janeiro para criarem este espetáculo que tem em cena Carolina Virguez e Matheus Macena – que atuaram em Caranguejo Overdrive e receberam indicações a diversas premiações de teatro, sendo Carolina vencedora como Melhor Atriz dos prêmios Shell, APTR e Questão de Crítica, ao lado João Lucas Romero, Reinaldo Junior e Zaion Salomão.

Guanabara Canibal
Guanabara Canibal dá continuidade à investigação cênica e dramatúrgica da história da cidade do Rio de Janeiro, que teve início com o espetáculo Cara de Cavalo, em 2012, sobre a extinta favela do Esqueleto, atual UERJ, nos anos 60; e seguiu com Caranguejo Overdrive, em 2015, sobre o antigo mangue que foi aterrado no final do século XIX, atual Praça XI.
Nesta nova peça, a Aquela Cia. retorna às origens ao olhar para a fundação da cidade, tendo como referência para a construção da dramaturgia a literatura quinhentista, que inclui os relatos dos cronistas franceses Jean de Lery e André Thevet, que acompanharam a formação da colônia França-Antártica, no Rio de Janeiro, e o poema De Gestis Mendi de Saa (Feitos de Mem de Sá), do padre José de Anchieta, que narra a ofensiva portuguesa contra os tupinambás e ocupação francesa na cidade.
“A pesquisa feita para a criação de Cara de Cavalo e Caranguejo Overdrive nos estimulou a continuar a investigação acerca da nossa própria história. Ao reler O Povo Brasileiro, de Darcy Ribeiro, me deparei com um poema de José de Anchieta sobre os feitos de Mem de Sá durante as batalhas que dizimaram várias aldeias tupinambás e consagraram o domínio de Portugal sobre o nosso território”, lembra Marco André Nunes. “Além do poema, outros documentos históricos sobre a batalha revelam um passado de guerra e violência”.
A dramaturgia de Pedro Kosovski, assim como nos trabalhos anteriores, apoia-se nessa paisagem histórica para narrar questões urgentes para atualidade e rever criticamente nosso passado, “o modo como nos relacionamos com nossa memória coletiva e a nossa história é quase sempre predatório e submisso às versões oficiais. Havia cerca de oitenta aldeias indígenas no entorno da baía da Guanabara, uma população com milhares de habitantes: onde estão os monumentos e as narrativas sobre a intensa vida nesse território antes da sua colonização?”, questiona-se Kosovski.

Guanabara Canibal ₢ Julio Ricardo

Antes da fundação do Rio de Janeiro, a terra era de domínio de tribos indígenas, que apesar de rivais, falavam a mesma língua e tinham costumes semelhantes, como o ritual de canibalismo: por vingança, a tribo capturava um rival e este passava a conviver com eles até o dia de sua execução, que era visto por todos como uma morte digna. Diferente do que aconteceu com a chegada dos portugueses, na Batalha de Uruçumirim, travada nas águas da Guanabara, na altura do Outeiro da Glória, expulsaram os franceses do território e exterminaram os índios que ali viviam. “Foi como uma força de ocupação, um exército invadindo uma terra que não lhe pertence”, ressalta o diretor.
Assim como nos espetáculos anteriores, a música está sempre presente na cena, na direção musical de Felipe Storino. Em versões acústica, eletrônica, com coro, percussão, piano, microfones e tecnologia. Também compõem a encenação elementos primários como terra, água, farinha e pó de urucum.

Aquela Cia.
Em 2005, Marco André Nunes e Pedro Kosovski fundaram a Aquela Cia. e vêm desenvolvendo, ao lado de outros artistas, uma linguagem cênica própria e uma dramaturgia inédita. Entre as encenações mais recentes, destacam-se “Outside: um musical noir” (2011), indicado aos prêmios Shell, APTR e Questão de Crítica; “Cara de Cavalo” (2012), indicado aos prêmios Shell Questão de Crítica; “Edypop” (2014), indicado aos prêmios Questão de Crítica e Cesgranrio e “Laio e Crísipo” e “Caranguejo Overdrive” premiado em diversas categorias do Shell, APTR, Cesgranrio e Questão de Crítica.

Ficha Técnica
Direção: Marco André Nunes
Texto: Pedro Kosovski
Atores: Carolina Virguez, Matheus Macena, Reinaldo Junior, João Lucas Romero e Zaion Salomão
Direção Musical: Felipe Storino
Iluminação: Renato Machado
Instalação Cênica: Marco André Nunes e Marcelo Marques
Figurino: Marcelo Marques
Visagismo: Joseff Cheslow
Produção Executiva: Aline Mohamad | MS Arte & Cultura
Produção Geral: Núcleo Corpo Rastreado
Idealização: Aquela Cia.

Serviço
Guanabara Canibal
Datas: 20 de janeiro a 18 de fevereiro de 2018
Horários: sextas, 21h; sábados, 18h e 21h (exceto dia 20, apenas às 21h), domingos, 18h, feriados: quinta, 25 de janeiro, 14h e 18h; 12 e 13 de fevereiro (segunda e terça), 18h.
Local: Teatro – 1º subsolo (216 lugares)
Ingressos: R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 9 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda a partir de 19/12, às 18h, no portal sescsp.org.br e 20/12, às 17h30, nas bilheterias das unidades da rede Sesc SP. Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.
Duração: 80 minutos
Classificação: 14 anos

SESC 24 DE MAIO
Rua 24 de Maio, 109, Centro, São Paulo
Fone: (11) 3350-6300
Horário de funcionamento da unidade:
Terça a sábado, das 9h às 21h.
Domingos e feriados, das 9h às 18h.

Acompanhe nossas redes:
Facebook: facebook.com/sesc24demaio
Instagram: instagram.com/sesc24demaio
Portal: sescsp.org.br/24demaio

INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Conteúdo Comunicação (Sesc 24 de Maio)
(11) 5056-9800
Luciano Pereira | luciano.pereira@conteudonet.com | (11) 94223-8236
Mariana Ribeiro | mariana.ribeiro@conteudonet.com | (11) 99328-1101
Roberta Montanari | roberta.montanari@conteudonet.com | (11) 99967-3292
Sofia Calabria | sofia.calabria@conteudonet.com

Sesc 24 de Maio
Bianca Alcântara | bianca@24demaio.sescsp.org.br | (11) 3350-6444
Renata Barros | renata@24demaio.sescsp.org.br | (11) 3350-6445

Canal Aberto Assessoria de Imprensa (Aquela Cia.)
Márcia Marques | Daniele Valério
Fones: 11 2914 0770 | Celular: 11 9 9126 0425
Email: marcia@canalaberto.com.br | http://www.canalaberto.com.br