DICAS CULTURAIS – DIVERSÃO E CULTURA

10696356_1572732696288340_501347027079722835_n

DICAS DE TEATRO

O ano mal começou, mas a vida teatral paulistana já está com muitas peças em cartaz e com muitas estreias para acontecer. São espetáculos para todos os gostos e bolsos, com temas que geram reflexões ou são voltados para a pura diversão.

Toc Toc

 

 

 

 

 

 

Já indiquei no programa Alto Impacto, por exemplo, Meu Deus! no Tuca, Através de Um Espelho, no Tucarena, As Noviças Rebeldes, no Theatro Net, O Comediante, no Raul Cortez, Beije a Minha Lápide, no Sesc Consolação, e O Homem de La Mancha, no Sesi ( este gratuito). São trabalhos que mostram o quanto a vida teatral em São Paulo é variada e que trazem artistas competentes.

Leo - circle-of-eleven-caixa cultural- foto heiko-kalmbach

 

 

 

 

 

 

 

São inúmeras peças em cartaz e fica quase impossível falar de todas. Sempre indico muitas produções, mas vale a pena dar uma olhada nos guias culturais também, ente eles: o Guia Off, o Guia de Teatro – http://www.guiadeteatro.com.br/ (as revistinhas sãos distribuídas nas salas de espetáculos), o Guia da Folha, do Estadão e da Veja.

amor humor o resto é bobagem

Vamos às dicas para esta semana:

No Teatro Bibi Ferreira, no Bixiga, acabou de estrear a peça Amor, Humor, o Resto é Bobagem, que tem no elenco Monica Carvalho, Sandro Pedroso, Tina Kara e Alessandra Venanssi.

Amor, Humor, o Resto é Bobagem mostra o cotidiano de quatro amigos, solteiros independentes e que moram no mesmo apartamento: dois artistas plásticos, Mariana (Mônica Carvalho) e Tadeu (Pedroso), às vesperas de uma grande vernissage internacional, a socia light Nicole (Venanssi), falida em virtude de seu recente divórcio com o mega milionário Antônio Augusto e a atriz Laura Leslie (Kara), que, cansada de seus fracassos profissionais, tem que decidir entre duas possibilidades para mudar sua vida: o suicídio ou o ingresso no reality show Casa dos Famosos.

Juntos, enfrentam as confusões do dia a dia e estão em busca de um grande amor porque acreditam que assim as suas vidas ficarão mais interessantes.

Uma trama que prima pela diversão, com final surpreendente e que, como diz o release: ¨ Qualquer semelhança com sua vida é mero acaso¨!!

Ficha Técnica e Serviço:

Elenco: Tina Kara – Personagem Laura Leslie, Mônica Carvalho – Personagem Mariana Martins, Sandro Pedroso – Personagem Tadeu, Alessandra Venanssi – Personagem Nicole

Texto: Mônica Carvalho.

Direção: Ricardo Rizzo

Diretor Assistente: Cacá Toledo

Trilha Sonora: Sérvulo Augusto

Realização: Tchesco Produções, Mônica Carvalho e Tina Kara

Teatro Bibi Ferreira. Endereço: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 931 – Bela Vista. Telefone: (11) 3105-3129. De 17/01/2015 até 31/03/2015. Sábados às 21h00 e Domingos às 20h00. Valor: R$ 60,00. Duração: 65 min.

Outra dica é o espetáculo Toc Toc, que é divertido, mas também mostra situações complicadas de pessoas que convivem com o TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo). A comédia está em cartaz desde 2008!!!

O espetáculo apresenta personagens portadores de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), na sala de espera de um consultório: Branca tem mania de limpeza e é hipocondríaca. Maria é religiosa, sempre acha que esqueceu tudo aberto e que perdeu alguma coisa. Lili tem o hábito de repetição. Bob é fanático por simetria. Vicente faz contas sem parar e Fred diz palavras obscenas e choca muitas pessoas com isso. Como o médico não chega, eles resolvem fazem uma terapia de grupo.

O grande mérito da montagem é o elenco. Todos estão excelentes em cena e a sintonia entre eles é essencial porque os diálogos têm que ser precisos, o tempo das falas tem que ser milimetricamente calculado para que as situações apresentadas sejam interessantes e engraçadas.

Vale ressaltar que a doença é tratada com respeito pelo autor ( o francês Laurent Baffie) e a montagem pode servir de alerta para quem sofre de TOC ou conhece alguém que necessita de tratamento.

Ficha Técnica e Serviço:

Elenco: Adriana Fonseca, Andréa Mattar, Dídio Perini, Ithamar Lembo, João Bourbonnais, Luciana Caruso, Maitê Diniz e Paula Tonolli.

Direção: Alexandre Reinecke,

Tradução: Clara carvalho

Teatro Santo Agostinho – Rua Apeninos, 118 (próx. estação Vergueiro do Metrô). Sábados às 22h00 e domingo às 20h00. Preço: De R$50,00 a R$60,00. De 10/01/2015 até 15/02/2015. No site do teatro (www.teatrosantoagostinho.com.br) tem um cupom. Com ele os ingressos custam R$ 25,00 (aos sábados) e R$ 20,00 (aos domingos). Duração: 90 minutos. Recomendado: 14 anos.

Para quem gosta de teatro e não quer, ou não pode, comprar ingressos, indico o seguinte espetáculo internacional, e gratuito: LEO.

:A Caixa Cultural, na Sé, em São Paulo, recebe a companhia alemã Circle of Eleven, que faz apresentações gratuitas do espetáculo LEO, entre os dias 27 de janeiro e 1º de fevereiro.

Os ingressos devem ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência. (Ainda não tive a oportunidade de conferir, mas pretendo assistir nessa curtíssima temporada).

Com direção do ator e diretor canadense Daniel Brière, a montagem faz uso da mímica e do circo para criar um ambiente de ilusão de ótica e surpreender o público de todas as idades.

LEO conta a história de um homem solitário (vivido pelo ator Julian Schulz), que faz uma viagem por um mundo que se mostra fisicamente desequilibrado. Ele está num quarto, que para ele funciona como um cativeiro. Quando está com a sua mala, no entanto, ele se sente confortável e disposto a buscar a liberdade.

No palco, Schulz faz movimentos que desafiam a lei da gravidade e que são capturados por uma câmera inclinada a 90 graus. Essas imagens são projetadas em uma tela gigante.

Uma oportunidade ímpar para prestigiar uma montagem internacional, que conquistou prêmios importantes no Festival Fringe de Edimburgo, incluindo o Carol Tambor Best of Edinburgh Award, o Three Weeks Editors Award e o Scotsman Fringe First Award.

Ficha Técnica e Serviço:

Direção: Daniel Brière.

Criação: Gregg Parks. Luz e cenário – Flavia Hevia.

Designer de vídeo: Heiko Kalmbach e Animação – Ingo Panke

Figurino: Heather MacCrimmon. Duração

Caixa Cultural São Paulo, De 27 de janeiro a 1º de fevereiro, terça-feira a domingo às 19h15 (sessões extras dias 30 de janeiro e 1º de fevereiro, sexta-feira e domingo às 16h00). Vale frisar: Os ingressos precisam ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência do espetáculo). Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo (SP). Duração: 65 minutos. Para todas as idades.

Para ir além do teatro:

Cinema: Brincante. O filme, dirigido por Walter Carvalho, mistura ficção e documentário para mostrar a trajetória do artista pernambucano Antônio Nóbrega, que é ator, músico e bailarino.

O público entra em contato com o universo desse excelente profissional, que busca a valorização da nossa cultura popular e a realização de espetáculos poéticos, através de João Sidurino e Rosalina.

Os personagens, interpretados por Nóbrega e por sua Mulher Rosane Almeida, são retirados das peças Brincante e Segundas Histórias.

Espaço Unibanco de Cinema: Sala 5, às 20h20 ( horário válido entre os dias 22 e 28 de janeiro). Rua Augusta, 1.470 (Anexo, salas 4 e 5) – Consolação. Para saber mais: http://antonionobrega.com.br/ e http://www.gullane.com/projeto/brincante

POR: NANDA ROVERE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s