DICAS CULTURAIS – DIVIRTA-SE

DICAS CULTURAIS

TEATRO

 

10835210_440170512805606_5537245598351803600_o

 

 

O grupo de teatro Esparrama tem um trabalho muito interessante e que merece a atenção: eles usam a janela de um apartamento para a encenação dos espetáculos, que acontecem no Minhocão.

Todos os domingos, o Minhocão fica interditado para o uso da população e o grupo teve essa inusitada ideia, que contribui para que o local seja ocupado de maneira produtiva e cultural.

A partir do dia 01 de fevereiro, o grupo lança um novo projeto – JANELAS DO MINHOCÃO – formado por três ações que ocuparão o Minhocão durante mais de seis meses!

Em uma dessas ações, denominada ESPARRAMA AMIGOS PELA JANELA, seis artistas das mais variadas linguagens criarão intervenções específicas para a janela do Esparrama.
Os artistas convidados são:

Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação (teatro de animação e de bonecos)
Zumb.boys (dança)

Ronaldo Aguiar (circo)

Ester Freire (música)

Raul Zito (artes plásticas)

SissyEiko (fotografia)

A segunda ação prevista é uma nova temporada do espetáculo criado em 2013, Esparrama pela Janela, que mistura palhaços, teatro de bonecos, manipulação direta, máscaras de comédia humana, música e bom humor.

Em cena, um morador está cansado do barulho e poluição que entram diariamente por sua janela localizada em frente ao Minhocão e transforma o caos em poesia e alegria.

Também está prevista a estreia de Menino que Mora num Minhocão, que usa

o Elevado Costa e Silva como palco.

Acompanhe a programação pelo Facebook: http://www.facebook.com/esparrama
Serviço:
Quando: dias 01, 08 e 22 de fevereiro, 01 e 08 de março de 2015.
Horário: 16h00 (No dia 08 de março, a intervenção será feita através de uma instalação do artista Raul Zito, que ficará exposta ao longo do dia).

Duração: 45 minutos.

Recomendação: Livre.

Ingressos: Grátis. Local: Minhocão (Elevado Costa e Silva) entre o Metrô Santa Cecília e a Rua da Consolação

Acesso do público: Pelas alças de acesso do Minhocão no Metrô Santa Cecília ou da Rua da Consolação; nesses pontos haverá sinalizações indicando o local da apresentação.

Obs: O espetáculo acontece pontualmente às 16h00.

A estação de metrô mais próxima é a do Metrô Santa Cecília.
Se você vier de carro, é só parar o carro na Rua Amaral Gurgel ou em algum estacionamento próximo e subir pela alça de acesso próxima ao metrô Santa Cecília ou pela Rua da Consolação.

No dia do evento, um mapa será disponibilizado na página do grupo (https://www.facebook.com/esparrama) e placas de sinalização serão colocadas no local para facilitar o acesso.

No caso de chuva, o espetáculo não acontece e uma notificação será colocada na página com 2 horas de antecedência

 

Outro espetáculo imperdível é Myrna Sou eu.

1208811_440170426138948_1427180255170412050_n

Depois de várias temporadas de sucesso, Myrna Sou Eu entra novamente em cartaz no Teatro Eva Herz. O texto é de Nelson Rodrigues, com adaptação, roteiro e direção de Elias Andreato, e interpretação de Nilton Bicudo, que dá um show em cena.

A peça é baseada nas crônicas de Nelson Rodrigues para o Correio da Manhã, que assinava com o pseudônimo de Myrna.

Em cena, Bicudo interpreta uma locutora de Rádio, a Myrna. No seu programa denominado Consultório Sentimental, ela responde cartas das ouvintes, que fala especialmente sobre as suas experiências amorosas.

Nilton Bicudo não cai na caricatura. Leva para o palco a alma feminina de uma senhora que fala o que pensa. Destaque para o cenário que retrata um estúdio de rádio, visto que o espectador acompanha a Myrna na gravação de seu programa.

Já escrevi crítica sobre esse espetáculo e repito: ¨Teatro tem momentos especialmente mágicos e essa peça é um desses momentos! Além do memorável trabalho de Bicudo, o diretor Elias Andreato merece elogios.

Andreato tem uma sensibilidade ímpar para guiar o ator em cena. Os movimentos são precisos e as suas falas interessantes e bem-humoradas, com momentos de sarcasmo.

Ficha Técnica e Serviço

Texto: Nelson Rodrigues

Adaptação, Roteiro e Direção: Elias Andreato

Interpretação: Nilton Bicudo

Diretor Assistente: André Acioli

Trilha Sonora Composta: Jonatan Harold

Figurinos: Fabio Namatame

Cenografia: Elias Andreato

Teatro Eva Herz – São Paulo. Conjunto Nacional. Endereço: Av. Paulista, 2073 – Bela Vista – São Paulo/SP. Duração: 70 min. Recomendado: 12 anos.

 

10366226_440170449472279_7705269712724621379_n

A Graça do Fim  estreia no Mezanino do SESI, no dia 30 de janeiro. O espetáculo, com Nilton Bicudo e Cleiton Santos, mostra a cumplicidade entre um velho muito doente e o seu cuidador. A obra discute a vida e a morte de maneira poética e com humor cáustico. Com direção também de Elias Andreato, A Graça do Fim faz parte do Projeto Fauzi Arap, em homenagem ao ator, diretor e dramaturgo que escreveu diversas peças de teatro, entre elas Chorinho Coisa de Doido. Esse foi o último texto escrito pelo artista, em 2013.

Mais uma direção assinada por Andreato que prima pela delicadeza. Além disso, mais uma parceria entre Bicudo e Andreato (as anteriores são Myrna Sou Eu e Coisa de Louco).

Ficha Técnica e Serviço:

Texto: Fauzi Arap

Direção: Elias Andreato

Assistência de Direção: André Acioli.

Trilha Sonora: Jonatan Harold.

Iluminação, Cenografia e Figurinos: Elias Andreato.

Produção: Solo Entretenimento.

Mezanino do Centro Cultural Fiesp — Ruth Cardoso, na Avenida Paulista, 1313. As sessões são gratuitas. Sextas e sábados, às 20h30, e domingos às 19h30. Até 22 de fevereiro. Os ingressos devem ser retirados no dia da apresentação. Duração: 50 minutos.

 

O Projeto Terça Tem Teatro oferece excelentes montagens gratuitas no Itaú Cultural. A estreia será no dia 3 de fevereiro, com o poético e imperdível Chorinho, que conta com texto de Fauzi Arap e as interpretações marcantes de Denise Fraga e Cláudia Melo.

10941141_440170476138943_4493118626606273106_n

Em cena, Denise é uma moradora de rua e Cláudia uma solteirona aposentada. Elas se conhecem num parque e, apesar das diferenças, estabelecem uma bonita amizade.

 

Na sequência, serão apresentados Verbo, de Cássio Pires, no dia 10, e Cine Monstro, de Daniel MacIvor e interpretação de Enrique Diaz, no dia 24.

Todas as peças começam às 20h00.

Os ingressos são distribuídos meia hora antes das sessões, mas recomenda-se chegar o mais cedo possível.

Serviço:
310 e 24 de fevereiro de 2015, sempre às terças-feiras, 20h00
Sala Itaú Cultural

249 lugares

(distribuição de ingressos 30 minutos antes do início do espetáculo)

Itaú Cultural: Avenida Paulista, 149 – São Paulo/SP

 

Para ir além do teatro:

O CD Só a pessoa sabe o que tem por dentro traz poesias que são lidas pelo ator Cássio Scapin e interpretadas pela cantora Célia. Com sensibilidade, Cássio Junqueira, o autor, nos faz viajar por versos que falam do amor. As músicas são de Irineu de Palmira, Zé de RibaNatan Marques e Edmilson Capelupi.

10891490_440170409472283_2869521216888803865_n

No ano passado, aconteceu um pocket show de lançamento do CD e o evento foi marcante, pois mostrou o quanto esse poeta é talentoso e cria poesias que emocionam o leitor.

Junqueira teve a excelente ideia de chamar Célia e Scapin, que contribuem para que as suas criações ganhem um encantamento a mais.

No link abaixo, há informações sobre os locais onde se pode comprar o CD, em Brasília, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Campinas e São Paulo. É possível comprar pela internet também, no site da Livraria Cultura.

Além disso, no link da Tratore vocês podem ouvir a obra

http://www.tratore.com.br/um_cd.php?id=7057

10928848_440169949472329_4709229467753456317_n

Por: Nanda Rovere

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s