CRIANÇAS COM DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM

 

IMG_4218

A Intervenção Psicopedagógica no Tratamento da Criança com Dificuldade de Aprendizagem

A Psicopedagogia é uma área da ciência que estuda os processos e as dificuldades de aprendizagem das pessoas. O Psicopedagogo é o profissional que auxilia na identificação e na resolução dessas dificuldades visando a transformação e a autonomia física, psíquica e social desses indivíduos.

IMG_4212

Ele é o profissional capacitado a intervir e a lidar com os mais diversos tipos de problemas nos processos de aprender. Sua responsabilidade é encaminhar o paciente, paulatinamente, à compreensão desses problemas detectando e afastando os obstáculos que possam impedir a aprendizagem. Ele age de modo que o sujeito-aprendente, com sua especificidade, descubra qual a melhor forma de reconhecer e desenvolver suas capacidades intelectuais e encontre mecanismos para o desenvolvimento de um processo que o estimule a pensar, a criar, a dialogar e participar ativamente na construção de novos conhecimentos, tornando-o apto a ter um ritmo normal de aprendizagem.

Quando falamos em dificuldades de aprendizagem, desordem ou transtorno de aprendizagem nos referimos a problemas que restringem a capacidade do cérebro  humano de receber e processar informações. Uma das causas pode ser a disfunção do Sistema Nervoso Central que dificulta a aquisição e o uso da audição, da fala, da leitura, da escrita, do raciocínio e/ou das habilidades matemáticas. Esse problema pode ocorrer juntamente com outras condições incapacitantes, como o retardo mental, a deficiência sensorial, o distúrbio social e emocional ou fatores psicogênicos.

IMG_4213

Embora a dificuldade de aprendizagem não seja indicativa do nível de inteligência, seus portadores têm dificuldades em desempenhar funções ou habilidades específicas ou em completar tarefas que necessitem de muita atenção. Geralmente, essas dificuldades são identificadas na fase de escolarização, afetando de maneira negativa a vida escolar, familiar, social e psíquica de muitas crianças. As causas podem ser diversas, tais como: fatores de ordem emocional, metodologia de ensino inadequada às necessidades da criança, ou ainda, outros quadros diagnósticos. Entretanto, com o apoio e intervenção adequada, essas crianças podem adquirir a capacidade de aprender o que necessitam para serem bem sucedidas ao longo de suas vidas.  Segundo o psicopedagogo Reuven Feuerstein, autor da Teoria da modificabilidade cognitiva estrutural, a inteligência pode ser “expandida”. Ele alega que qualquer pessoa, independente de sua idade e mesmo considerada inapta pode desenvolver sua inteligência e adquirir a capacidade de aprender.

IMG_4216

Existem outros fatores que podem levar a dificuldades de aprendizagem, por exemplo: algumas síndromes genéticas, como Síndrome de Down e Síndrome do X Frágil, autismo, transtornos psiquiátricos, deficiência intelectual, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e patologias neurológicas diversas. Em geral, as dificuldades de aprendizagem tem um prognóstico bem melhor do que os transtornos, que exigem uma intervenção mais intensiva e mais longa. Mas seja qual for o caso, a intervenção psicopedagógica é uma grande aliada no tratamento do aluno com dificuldade de aprendizagem, pois seu objetivo é que ele atinja o mais alto nível funcional possível e faça uso de suas potencialidades, melhorando seu desempenho escolar.

FullSizeRender-2

Tão logo a criança apresente dificuldades de aprendizagem na etapa de alfabetização, o encaminhamento ao psicopedagogo é de fundamental relevância para que esses problemas sejam solucionados ou minimizados. Infelizmente, muitos pais e professores perdem muito tempo para admitir o problema da criança e procurar auxílio psicopedagógico prejudicando ou atrasando seu desenvolvimento cognitivo, o que, em alguns casos, pode ser irreversível.

 

Referências Bibliográficas  

BOSSA, Nádia A. A Psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática. 2ª ed. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

FEUERSTEIN, Reuven. Os milagres do Dr. Feuerstein. Revista SeleçõesAbril de 2002, pág. 95.

WEISS, Maria L. L. Psicopedagogia Clínica – uma visão diagnóstica dos problemas de aprendizagem escolar. 13ª ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2008.

 

Cássia Maria Braga de Almeida67446_339331452867536_2085073785_n

Pedagoga, Psicopedagoga, graduada em Letras, pós-graduada em Ortografia e Texto da Língua Portuguesa e especialização em Educação Especial – DM.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s