De Artista e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco

 

IMG_0011 - baixa-2

 “De Artista e Louco Todo

Mundo Tem Um Pouco” 

 Teatro Bibi Ferreira e fica em cartaz até dia 28 de Junho de 2015.

Com direção de Jacques Lagoa, a comédia

“De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco”

 estreia, dia 17 de abril, no Teatro Bibi Ferreira

Horário:

Sextas e sábados às 21h

Domingo às 20h

 

Comédia narra história de uma mãe que tenta impedir o casamento do filho e conta com ajuda de um carteiro, figura caricata que se desdobra para dar vida a outros membros da maluca família.

 

Inspirada em situações corriqueiras no cotidiano, em cenas do universo familiar e em tudo aquilo que nós falamos, quando apenas estamos fora de nosso funcionamento normal, a comédia “De Artista e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco” apresenta uma mãe enlouquecida que tenta impedir de toda a forma o casamento de seu filho, unindo-se a um carteiro maluco que insiste ser ator, e do nada, permanece nesta loucura familiar. Com sua noiva desequilibrada, e recebendo outras três personalidades, o filho luta pelo casamento impondo limites a todos. Com direção de Jacques Lagoa, a montagem estreia sexta-feira, dia 17 de abril, às 21h no Teatro Bibi Ferreira e fica em cartaz até dia 28 de Junho de 2015.

 11034477_482147261941264_3302812225912083618_o

No texto originalmente escrito para a atriz e comediante Consuelo Leandro, realizou sua 1ª montagem para a inauguração do novo Teatro da Paz em Belém do Pará. Agora em nova concepção, esta comédia tem no elenco:Arlete Montenegro, Milton Levy, Claudio Andrade e Dani Marcondes.

Com temporada no Teatro Bibi Ferreira, a Tchesco Produções promove esta nova roupagem desta velha comédia, convidando Arlete Montenegro para atuar no espetáculo e Jacques Lagoa para assinar a direção da montagem.

Na peça, Arlete Montenegro interpreta uma mãe tresloucada, que morre de amores e ciúmes do seu único filho Beto. Dani Marcondes é Talita a noiva de Beto, uma moça aparentemente calma, mas que sofre de problemas com a sua tripla personalidade, se desdobrando em mais de dois personagens, Claudio Andrade, na pele do filho Beto que vai ficando perturbado a cada minuto no decorrer da peça, sem entender as loucuras da Mãe e da Noiva. Milton Levy faz o carteiro que no delírio da mãe, se mascara na pele de outras pessoas e parentes.

A peça leva o espectador a se sentir, um pouco artista, um pouco louco e quem sabe… Até morrer de rir.

Outros também já encarnaram a pele desta mãe tão maluca, Ronaldo Ciambrone na 1ª montagem, substituindo a Consuelo Leandro, e Paulo Pioli em 2ª montagem. No Rio de Janeiro, a peça ganhou outro nome “Artista e Cachaça, em Todo Lugar Se Acha” e desta vez, coube a veterana Vichy Millitelo viver o papel desta mãe possessiva. Outra montagem fez grande sucesso e em 1989 estreou em São Paulo, no Teatro Henfil, com Íris Bruzzi, Ronaldo Ciambrone, Alice de Carli e Nilson Raman. Após o sucesso em São Paulo, a peça viajou para o interior que motivou outras montagens como, no próprio Teatro Henfil, com Luigi Francesco, Lurdes de Moraes e Orlando Vieira, a frente do elenco. Ainda no papel de Berilda, Geórgia Gomide mostrou que também faz muita bem comédia, durante a temporada paulista.

Ronaldo Ciambrone, que sempre foi grande admirador de Consuelo Leandro, se inspirou no humor da atriz, humor esse, que nunca será esquecido por nós, brasileiro. DE ARTISTA E LOUCO TODO MUNDO TEM UM POUCO, marcou também a despedida da atriz que fazia a última montagem, produção realizada por Sandro Chain e com João Vitti, Fernando Muniz e Orlando Vieira, completando o elenco.

 11174487_482147861941204_7845950508010368987_o

Jacques Lagoa
Jacques Lagoa tem duas fases distintas em sua carreira artística. Iniciou como ator e como ator ficou por muitos anos Mas depois passou a diretor de novelas, cargo que exerce até hoje. O início de sua carreira foi em 1969, na TV Excelsior de São Paulo, quando fez em primeiro lugar a novela: “A Menina do Veleiro Azul”; depois: “Dez Vidas”. Em 1971, Jacques passou para a Televisão Tupi e fez: “Hospital”; em seguida: “Na Idade do Lobo”; depois “A Revolta dos Anjos”. A seguir foi para a Record e atuou em: “Venha Ver o Sol na Estrada”. Depois, na TV Tupi, que ainda funcionou a todo vapor, na década de 70, o ator fez as novelas: “O Machão”; “O Sheik de Ipanema”; “O Julgamento”; “O Profeta”; “Um Sol Maior”. Depois ele fez: “Gina”, na TV Globo; “Como Salvar Meu Casamento”, na TV Tupi; “Cavalo Amarelo” e Dulcinéa Vai à Guerra”, na TV Bandeirantes; “O Pátio das Donzelas” e “Casa de Pensão”, na TV Cultura e “Cortina de Vidro”, no SBT. Essa fase de Jacques Lagoa foi até o ano de 1989. Depois disso, ou seja, em 1995, Walter Avancini convidou o ator para colaborar com ele na direção da novela: “Tocaia Grande”, da TV Manchete. Essa foi uma novela muito complicada, que começou com a direção de Regis Cardoso e depois passou para às mãos de Walter Avancini e Jacques Lagoa. Ainda na Manchete, Jacques dirigiu “Xica da Silva” e “Mandacaru”. Depois dirigiu no SBT: “Fascinação”e na TV Record: “Louca Paixão”, e “Tiro e Queda”. A seguir ficou uns bons anos no SBT, e dirigiu:” Pícara Sonhadora”; “Amor e Ödio”; “Marisol”; “A Pequena Travessa”; “Jamais Te Esquecerei”; “Canavial de Paixões”; “Seus Olhos”; “Esmeralda”; “Os Ricos Também Choram”; “Cristal”; “Maria Esperança “, “Amigas e Rivais” e “Revelação”.

Em 2010, voltou a atuar em novelas da TV Globo: “Malhação ID” e “Passione”. Jacques Lagoa teve também trabalhos em cinema. Participou dos filmes: “Tessa, A Gata” e “Ousadia”, de 1982.

Arlete Montenegro

Arlete Montenegro nasceu em 15 de Outubro de 1938 em São Paulo, Capital. Começou a carreira aos 12 anos de idade em uma fabrica. Aos 19 anos fez um teste na Rádio São Paulo chamado “Procura-Se Uma Estrela”, e ela passou, ficando em primeiro lugar. Após isso fez uma carreira extensa no rádio como rádioatriz tendo até ganho o premio Tupiniquim de melhor rádioatriz, alem do titulo de Heroína do Quarto Centenário em 1954. Na Tv começou na Tv Tupi na novela Vôo 509 em 1956. Depois foi para a Tv Record aonde fez as novelas My Darling e Desce o Pano em 1957, e Éramos Seis, Aqueles Olhos e Cela da Morte em 1958. Em 1960 foi para a Tv Excelsior, aonde fez as novelas Folhas Ao Vento em 1960, As Solteiras, Ambição e Folhas ao Vento em 1964, O Caminho das Estrelas em 1965, As Minas de Prata em 1966, Sublime Amor em 1967, A Muralha e Legião dos Esquecidos 1968, A Menina do Veleiro Azul e Dez Vidas em 1969 e Mais Forte Que O Ódio em 1970.

Em 1971 volta a Tv Tupi na novela O Preço de Um Homem, depois fez Rosa-dos-Ventos e Divinas & Maravilhosas em 1973, Meu Rico Português e A Viagem em 1975, Papai Coração em 1976, e Aritana e João Brasileiro, o Bom Baiano em 1978. Em 1980 entra para a TV Bandeirantes, aonde fez a novela Um Homem Muito Especial em 1980, e depois fez Os Adolescentes em 1981. No mesmo ano entrou para a Tv Cultura na novela Partidas Dobradas em 1981, e depois fez Casa de Pensão e Iaiá Garcia em 1982. No mesmo ano foi para o Sbt e atuou na novela Conflito em 1982, depois fez A Ponte do Amor e Anjo Maldito em 1983, Meus Filhos, Minha Vida em 1984 e Brasileiras e Brasileiros em 1990. Em 1995 participa da novela Cara e Coroa na Rede Globo. No ano seguinte participa da novela Irmã Catarina na Gazeta, antiga CNT Gazeta. Em 2002 volta ao Sbt depois de 12 anos na novela Marisol. Em 2006 volta para a Globo depois de 11 anos, nas novelas Páginas da Vida e O Profeta. Em séries participou de 1 episódio de Você Decide em 1997 na Rede Globo. Também participou do projeto da Tv Cultura de exibir comedias teatrais chamado Senta Que Lá Vem Comédia em 2005. Em minisséries fez O Olho da Terra em 1997 na Rede Record. Arlete também fez cinema, fez os filmes O Conto do Vigário 1976, Meus Homens, Meus Amores em 1978, Palácio de Vênus e Um Homem Muito Especial em 1980, O Sexo Nosso de Cada Dia e Prazeres Permitidos em 1981, Tessa, a Gata e As Safadas em 1982, Tudo na Cama e Sexo, Sua Única Arma em 1983, Júlia e Os Pôneis em 1987 e E A Vida Continua em 2012.

Daniela Marcondes
Daniela Marcondes, mais conhecida apenas como Dani Marcondes, tem seu primeiro contato com as câmeras aos 10 anos de idade, ao ser inscrita em uma agência de modelos e faz algumas campanhas publicitárias. Aos 14 anos, descobre o teatro e começa a estudar e se aperfeiçoar para a carreira, na Fundação das Artes de São Caetano do Sul (1999) e na ELT – Escola Livre de Teatro de Santo André. Sua primeira oportunidade profissional veio aos 16 anos, com a participação na primeira versão da novela “Chiquititas”, gravada em Buenos Aires. De volta ao Brasil, participa de testes e, por conta deles, teve que retornar à capital argentina, onde permanece por mais dois anos e grava sua participação nos canais Zapping. Ao retornar, investe na carreira de apresentadora, ficando à frente do infantil “Piquenique Band”, na emissora paulista. Paralelamente, atua como atriz em “Cidadão Brasileiro”, novela da Record. Em seguida, surge o trabalho no canal de TV a cabo Bem Simples, apresentando o programa “Tudo Simples”.

Em teatro ela participou das peças “Morte e vida Severina”, de João Cabral de Melo Neto, direção de Alexandre Dressler, “Pluft, O Fantasminha”, de Maria Clara Machado, direção de Douglas de Araújo, “Teens”, direção de Fausto Silvester, “Peter Pan e o Pinóquio Salvando a Natureza”, direção de Kiko Jaess, “Cinderela, o Musical”, direção de Daniel Fernandez e “A Pequena Sereia”, direção de Paulo Ribeiro.

Cláudio Andrade
Cláudio Andrade, (Aracaju, 4 de Janeiro de 1984). É um ator brasileiro. Em 2003 fez um teste na Rede Globo para um papel em Malhação. Foi reprovado porque já tinha cara de homem e a novela precisa de atores com perfis de adolescentes. Após este teste o diretor Wolf Maya o convidou pra fazer Senhora do Destino como o cabeleireiro Max. Participou dos seguintes programas de TV: Zorra Total, Vidas em Jogo, Visão do Futuro, Corações Feridos, Caras e Bocas, Faça Sua História, Os Mutantes, Dicas de Um Sedutor, Toma Lá Dá Cá, Eterna Magia, Paraíso Tropical, Sítio do Pica-Pau Amarelo, Pé na Jaca, Cobras e Lagartos, Senhora do Destino, além de participar dos espetáculos “Escola de Mulheres”, “A bruxa Má”, “Macbeth”, “Que papel”, “Os dois cavalheiros de Verona”, “Tango, Bolero e Chachaca”, “O Último Carro” e “O dia decisivo de nossas vidas”.

Ficha Técnica

Autor: Ronaldo Ciambroni Direção: Jacques Lagoa. Produção Executiva: Luiggi Francesco. Diretor de Produção: Gerardo Franco. Diretora de Produção: Carmen Sanches. Diretora de Arte: Paula Andrade. Trilha Sonora: Servulo. Designer Gráfico: Marcos Badilho. Elenco: Arlete Montenegro, Milton Levy, Claudio Andrade e Dani Marcondes. Realização: Tchesco Produções Artísticas.

Serviço:
De Artista e Louco Todo Mundo tem Um Pouco. Temporada: De 17 de abril a 28 de junho, Sextas e Sábados às 21h e Domingo às 20h. Ingressos: R$50,00 (Inteira) e R$ 25,00 (Meia). Local: Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luís Antônio, 931 – Bela Vista. Telefone: (11) 3105-3129 Duração: 70 min Classificação: 12 anos.

11084176_482120855277238_6580640733097311939_o

COQUETEL EM COMEMORAÇÃO

Na sexta feira, dia 24 de abril aconteceu a apresentação e o coquetel em comemoração  dessa espetacular peça teatral para convidados e imprensa, e claro, estávamos lá, confira:

11161713_482119215277402_5358163937014478572_o11141267_482119481944042_8656831724761979137_o

 

 

Douglas Ferreira e Angélica Ferreira (BBBs)

Cláudio Andrade, Arlete Montenegro e Ronaldo Ciambroni

 

 

 

11149683_482120708610586_2263040042370916581_o

Lisa Vieira

 

 

Arlete Montenegro e Ronaldo Ciambroni

 

 

10818296_482120978610559_7478464226432092030_o

 Milton Levy

11022608_482134435275880_1185139494865589493_o

Eduardo Savoia e Luca Marchioni

 

11155120_482119348610722_3842827172330026021_oJacques lagoa

11149610_482119155277408_5560697297184186877_o

Luigi Francesco (Tchesco)

Fotos Coquetel em Comemoração

Cláudio Motta

 

Por Cristiane BortolossiIMG_2249

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s