DICAS CULTURAIS, DIVIRTA-SE

IMG_5565

 

DICAS CULTURAIS

DIVIRTA-SE

 

Dicas de Teatro

Olá, tudo bem? Além das dicas de teatro e de outros eventos culturais, fiz trajetória do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado. O filme é imperdível porque Salgado, através de suas fotos, retrata um pouco da história do mundo em que vivemos, com momentos belos questão de elaborar um texto sobre o documentário O Sal da Terra, que fala sobre a, mas com episódios trágicos e que demonstram o quanto o homem ainda precisa aprender o valor do respeito ao próximo.

 VISITANDO O SR. GREEN

Visitando o Sr. Green foi um grande sucesso do nosso teatro em 2000, com Dan Stulbach e , posteriormente, Cássio Scapin, contracenando com Paulo Autran ( direção de Elias Andreato).

A nova montagem, em cartaz no Teatro Jaraguá, conta com Sérgio Mamberti e Ricardo Gelli. A direção é de Cassio Scapin. A peça marca a volta de Mamberti aos palcos, após 12 anos sem atuar.

Na trama, ambientada em Nova York, o jovem executivo Ross Gardner é condenado a prestar serviços a um velho judeu, Sr Green, pois quase o atropelou.

Toda a ação acontece no apartamento do Sr. Green, com objetos antigos, muitos deles ultrapassados e/ou em desuso.

Os encontros são semanais.  Sr Green é um velho chato, antiquado e homofóbico. O jovem é gay e tem alegria de viver.

Num primeiro momento, a convivência é difícil mas, aos poucos, os personagens expõem os seus sonhos e frustrações.

O texto do autor norte-americano Jeff Baron busca  discutir, com emoção e poesia, temas como relacionamento humano, preconceitos e a importância da compreensão entre as pessoas.

A montagem anterior, que completa 15 anos, foi sucesso de público e crítica. Quem assistiu, terá a oportunidade de ver uma nova versão da peça, quem não viu certamente assistirá a um espetáculo que prima pela emoção.

Espetáculo maravilhoso, texto emocionante e interpretações magistrais. Cássio Scapin tinha em suas mãos um texto de qualidade e pérolas para dirigir em cena (Mamberti e Ricardo Gelli ).

Conseguiu criar um espetáculo que transmite humanidade e emoção, guiando os atores para um mergulho intenso na alma de dois personagens solitários e que, mesmo com muitas diferenças no modo de pensar e agir, acabam estabelecendo uma tocante amizade.

Sr Green é rabugento, intolerante, radical, preconceituoso, mas é impossível sentir raiva dele. Mamberti faz esse judeu, de quase 90 anos, com uma singeleza que encanta muito. Trabalho digno de muitos aplausos.

Ricardo Gelli também está excelente. O seu personagem, Ross Gardner, é comedido ( até demais!), mas num certo momento a intransigência de Sr Green faz com que ele perca a paciência. Nesse embate é que o ator, na minha opinião, pode mostrar ainda mais o seu talento, que já é nítido desde o início da apresentação.

Corra para o Teatro Jaraguá! IMPERDÍVEL!

Ficha Técnica e Serviço:

Autor: Jeff Baron

Tradutora: Rachel Ripani

Direção: Cássio Scapin

Assistente de direção: Ando Camargo

Elenco: Sérgio Mamberti e Ricardo Gelli

Cenário: Chris Aizner

Figurino: Fabio Namatame

Luz: Wagner Freire

Trilha sonora: Daniel Maia

Direção de produção: Carlos Mamberti

Teatro Jaraguá (265 lugares).

Novotel Jaraguá. Rua Martins Fontes, 71. Bela Vista. Informações: 3255.4380. Bilheteria: terça a quinta das 16h às 19h, sexta e sábado a partir das 16h, domingo a partir das 15h. Aceita todos os cartões, débito e crédito. Estacionamento no local: R$ 30. Acesso a deficientes. Vendas:  www.ingressorapido.com e 4003.1212. Sexta às 21h30 | Sábado às 21h00 | Domingo às 19h00. Ingressos: R$ 50 Duração: 90 minutos Recomendado: 14 anos Gênero: comédia dramática. Temporada: até 19 de julho.

 colecionador de universos

O espetáculo O Colecionador de Universos traz o ator Luccas Papp, que interpreta Martin, um jovem diferente, que passa os seus dias conversando com as fotos de seus falecidos pais e está sempre com uma maleta a tiracolo.

Martin tenta arrumar emprego, mas não consegue uma boa comunicação com as pessoas. Um dia ele tem uma ideia: transformar-se em um ator.

A peça, de autoria de Papp, coloca em discussão questões pertinentes sobre o mundo moderno e busca pregar a paz, o amor e o respeito, sem o objetivo de ser panfletário.

Ficha Técnica e Serviço:

Texto: Luccas Papp

Direção: Dan Rosseto

Elenco: Luccas Papp (Martin)

Produção: Luccas Papp e LP produções

Trilha sonora: Leandro Roverso

Iluminação: Valéria Lovato

Figurinos: Joice Caldeira

Maquiagem: Daniel Morgado

Viga Espaço Cênico (Rua Capote Valente, 1323 – Sumaré), Sala Piscina, 40 lugares. DATA: 21/03 até 23/05 (Sábados às 17h00). Tel: 3801 1843. R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Duração: 60 minutos. Livre

I love neide

No monólogo I Love Neide, o excelente Eduardo Martini vive Neide Boa Sorte, uma psicóloga rabugenta que vive situações absurdas e divertidas.

O público acompanha a trajetória de Neide, especialmente as suas viagens cheias de aventuras e a descoberta de seu talento como conselheira e radialista, falando de assuntos como casamento e família.

Em Salvador, por exemplo, pára acidentalmente no trio elétrico de Carlinhos Brown.

Martini vive Neide com maestria e o sucesso do espetáculo é tão grande que desde 2007 a montagem tem viajado pelo Brasil e realizado diversas temporadas em São Paulo.

Curiosidade: A personagem Neide foi criada no programa da Hebe e a receptividade fez com que Martini a levasse para o teatro.

Ficha Técnica e Serviço:

Texto: Pablo Diego e Marcelo Saback

Direção: Clarisse Abujamra

Cenografia: Lafaiete Mont´Alegre

Figurinos: Adriana Hitomi

Iluminação: Isser Korik

Vídeos: Cândida Almeida

Participação Especial de Rodrigo Schor
I Love Neide
Teatro União Cultural – Rua Mario Amaral, 209 (Paraíso)
Informações e vendas http://www.ingresso.com e 11 2148-2904. Duração: 90 minutos
Recomendado: 12 anos.

Martini também está em cartaz com outras duas peças, no mesmo teatro:

CADA UM TEM O ANJO QUE MERECE?”
Uma comédia dos Deuses!
Sábados às 21h00

QUEM MATOU MARIA HELENA?

Sextas às 21h30

http://www.eduardomartini.com.br

https://www.facebook.com/pages/Eduardo-Martini/285435071475642

Alice no país das maravilhas

Depois do sucesso de Cinderella, A Bela e A Fera, Natal Mágico, A Branca de Neve e A Magia das Fadas, Príncipes e Princesas, todos trazendo beleza, poesia e efeitos especiais, o diretor Billy Bond estreia Alice no País das Maravilhas – O Musical.

Como a história faz parte do imaginário infantil, essa montagem com certeza chamará a atenção das crianças – e dos adultos também – para  a menina Alice, que é curiosa e acaba caindo em um túnel ao seguir um coelho branco  que estava correndo.

A protagonista chega  a um lugar mágico, onde ela aumenta e diminui de tamanho  e vive muitas confusões junto com o sorridente Gato de Cheshire, a Rainha de Copas, o Chapeleiro Maluco, a lebre do campo, a tartaruga e o grifo.

Para deixar as crianças deslumbradas e a viagem ao país das maravilhas ficar mais encantadora, com a plateia se sentindo parte da história, o diretor utiliza diversos recursos. Além do talento do elenco para o canto e a interpretação,  o novo espetáculo traz 180 figurinos e 5 cenários, usa gelo seco, levitações, ilusionismo, e telões de led (criando o efeito LED ILUSION) .

Duração aproximada: 105min. Para todas as idades.

Datas e Sessões:

02 de maio de 201516:0019:00

03 de maio de 201516:0019:00

10 de maio de 201516:0019:00

16 de maio de 201516:00

17 de maio de 201516:0019:00

23 de maio de 201515:00

24 de maio de 201511:0015:00

30 de maio de 201515:00

31 de maio de 201511:0015:00

VALORES DOS INGRESSOS

Balcão Nobre
R$ 50,00

Frisas 2º andar
R$ 50,00

Frisas 3º andar – 1ª Fila*
R$ 50,00

Frisas 1º andar
R$ 90,00

Camarote
R$ 110,00

Plateia – Filas de O a W
R$ 110,00

Plateia – Filas de A a N
R$ 150,00

Bilheteria do Teatro Bradesco.Rua Turiassú, 2100 – 3º piso do Bourbon Shopping – São Paulo, SP.De domingo a quinta-feira, das 12h00 às 20h00, sexta e sábado, das 12h00 às 22h00.http://www.teatrobradesco.com.br/

OUTROS PONTOS DE VENDA

*sujeito a taxa de conveniência

Ingresso Rápido – Call Center

4003-1212

De segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 12h às 18h.

DESCONTOS

50% de desconto para titulares do Cartão Alelo, na compra de um ingresso pago com o Cartão Alelo Cultura, adquirido somente na bilheteria do Teatro – limitado a 100 ingressos;

25% de desconto para cliente Bradesco na compra de até 4 ingressos, além de um guichê exclusivo na bilheteria do Teatro Bradesco. Válido somente para pagamentos com os cartões Bradesco – limitado a 200 ingressos.

25% de desconto para usuário dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card, na compra de até 2 ingressos por titular do cartão na bilheteria do teatro.

10% de desconto na compra de um ingresso pago com o Cartão Alelo Cultura, nos demais ingressos – apenas para compras na bilheteria do Teatro;

grupo Esparrama

Grupo Esparrama no Teatro Alfa. O grupo, que chamou a atenção da cena teatral devido à sua encenação do trabalho Esparrama pela Janela, no Minhocão, está em cartaz com 2POR4.

A peça traz a disputa de dois palhaços pela regência de um quarteto de cordasCriado em 2012, a partir de uma parceria entre o Grupo Esparrama e a maestrina Ester Freirepretende a aproximação da criança com o universo da música instrumental e suas características básicas, além de sensibilizá-la para uma melhor apreciação da música erudita.

Em cena, além dos atores, está um quarteto de cordas (dois violinos, uma viola e um violoncelo). Neste sentido, as músicas não são somente ilustrativas, funcionam como personagens.

No palco há, por exemplo, um painel onde mãos dançam em pautas criando personagens, cenas inspiradas no cinema mudo, o número de uma cantora lírica e a manipulação de um boneco/maestro de dimensões humanas.

Ficha Técnica e Serviço:

Direção Cênica – Kleber Brianez

Assistência de Direção – Iarlei Rangel

Direção Musical – Ester Freire

Elenco – Kleber Brianez e Rani Guerra

Músicos – Manoela Bonina (primeiro violino),  Ismael Santos (segundo violino), Eliézer Motta (viola), Erica Beatriz Navarro (violoncelo), Wellington Oliveira (violino substituto) e Rebeca Friedmann (violoncelo substituto).

Figurino – Marcela Donato

Cenário – Grupo Esparrama

Treinamento em Manipulação – Anie Welter

Assessoria de Estilo, Técnica e Interpretação de Repertório Musical: Fábio dos Santos e Renata Pereira

Fotos –  Sissy Eiko

Produção – Iarlei Rangel

Data: de 04 de Abril a 31 de Maio de 2015.  Horário: 16h00. Duração: 45 minutos.

Recomendação Livre. Local: Teatro Alfa Rua Bento Branco De Andrade Filho, 722 – atrás do Hotel Transamérica – Santo Amaro – São Paulo – SP – Tel.: (11) 5693 4000. Bilheteria: 11h/19h (segunda a sexta); a partir das 11h (sábado e domingo). Estacionamento (R$ 15,00 e R$ 20,00 com manobrista). Ingresso: R$ 30,00 inteira / R$15,00 meia entrada.

Teatro em Florianópolis e Brasília:

improvável

Improvável, com a Cia. Barbixas de Humor, traz improvisações para o palco. O espetáculo faz grande sucesso em Sâo Paulo, com sessões todas as quintas no Teatro Tuca: Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes. http://www.teatrotuca.com.br/

Para a criação dos improvisos, a participação da plateia é fundamental porque é o espectador quem sugere os temas para os atores.

O projeto tem influência do programa Whose Line is it Anyway? ( veiculado na Inglaterra e EUA). Nele, um Mestre de Cerimônias interage com o público e explica como eles poderão influenciar nas cenas.

Algumas das apresentações dos Barbixas são gravadas para alimentar uma webserie do Improvável. Os vídeos são vistos por uma média de quatro milhões pessoas, por mês. Mais de 200 mil acessos por dia.

Ficha Técnica e Serviço:

Elenco: Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento, Elidio Sanna e convidados.

Direção: Cia. Barbixas de Humor

Direção executiva: Joca Paciello

Orientador de Improvisação: Gustavo Miranda Ángel

Light Designer: Cláudia Urbaniski, Aline Barros

Técnicos de Luz: Cláudia Urbaniski, Diego Rocha, Aline Barros

Cenário: Junia Pereira , Carmem Guerra

Figurino: Lala Bradshaw

Fotos: Lala Bradshaw , E3 Fotografia (www.e3fotografia.com)

Locução: Basílio Magno

Teatro Pedro Ivo: Sexta-feira, 08 de Maio de 2015 – Abertura: 19h00 – Início: 19h30

Sábado, 09 de Maio de 2015 – Abertura: 18h30 -Início: 19h00

Domingo, 10 de Maio de 2015 – Abertura: 17h30 – Início: 18h00

Recomendado:-14 anos

Para saber os preços e demais informações:

http://www.teatropedroivo.sc.gov.br/

Brasília (DF)

Dia: 29, 30 e 31 de maio

Horário: sexta 20h00 | sábado 19h00 | domingo 18h00

Ingresso: R$ 60,00 (inteira) | R$30,00 (meia) *

Convidados: ** A DEFINIR

Duração: aproximadamente 70 minutos

Classificação: 14 anos

Local: Teatro UNIP

https://www.facebook.com/TeatroUnip

SGAS Quadra 913, asa sul [Como Chegar?]

Informações: (61) 8144-1514

Para ir além do teatro:

O Circuito São Paulo de Cultura, como o próprio nome diz, é um projeto que integra diversas atividades artísticas e leva apresentações gratuitas para todas as regiões da capital.

circuito São Paulo de Cultura

Além da programação de música, teatro, dança e infantil, que foram áreas contempladas pelo programa em 2014, para este ano, o evento também oferece eventos de cinema, circo e literatura,

https://www.facebook.com/circuitospdecultura?fref=ts

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/noticias/?p=17484

http://circuitospdecultura.prefeitura.sp.gov.br/

Em maio, alguns destaques:

MESA SOBRE QUADRINHOS

O quadrinista Rafael Campos Rocha (coautor de Conclave – O livro dos últimos dias) e a escritora Janaína Tokitaka (autora e ilustradora de Tem um Monstro no meu Jardim) falam sobre as relações entre quadrinhos e literatura em encontro mediado pelo editor

19 de maio (ter), 15 h – Biblioteca Viriato Corrêa

20 de maio (qua), 15 h – Biblioteca Raimundo de Menezes

21 de maio (qui), 15 h – Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato

Wanderléa

Rainha da Jovem Guarda,  a “Ternurinha” preparou um show de grandes sucessos. Acompanhada por um  quarteto liderado por seu guitarrista, Lalo Califórnia, a cantora relembra “Prova de Fogo”, “Ternura”, “Pare o Casamento”, “Foi assim” e muito mais! A artista também apresentará números de seu recém-lançado DVD, “Maravilhosa”.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

 Dia 03/05 – domingo, às 18h I Centro Cultural São Paulo

Dia 24/05 – domingo, às 19h I Teatro João Caetano

Jerry Adriani

A apresentação celebra os 50 anos de carreira do artista. O seu primeiro álbum trazia sucessos da música italiana, porém, alguns anos após o início, por influência de bandas como Beatles e Rolling Stones, ele migrou para outro gênero musical e fez parte da famosa “Jovem Guarda”. O show relembra clássicos e histórias do músico.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 22/05 – sexta-feira, às 20h I Teatro Martins Penna

Dia 23/05 – sábado, às 18h I Sala Olido

Um pouco de tudo e tudo de mim

Companhia: Cia. Jaime Arôxa

Criação, roteiro e direção: Jaime Arôxa

Um espetáculo com tema autobiográfico e elenco composto por dançarinos e atores, além de banda ao vivo. Uma mistura potente de dramaturgia, danças diversas e música tece a narrativa, que apresenta os desafios, as lembranças e as influências da formação de um artista. Tudo com tom intimista, encantador, leve e envolvente.

> Estreia I 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 01, 02 e 03/05 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Cacilda Becker

Dias 07, 08, 09 e 10/05 – quinta-feira a sábado, às 20h, e domingo às 19h I Sala Paissandu

Dias 15, 16 e 17/05 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro João Caetano

Dias 23 e 24/05 – sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Martins Penna

Os Originais do Samba

O conjunto de vocal e de percussão criado no Rio de Janeiro (RJ), no início da década de 1960, possui trabalhos memoráveis com artistas como Elis Regina, Chico Buarque, Jair Rodrigues, Elza Soares e Jorge Ben Jor. O grupo chega para apresentar os maiores sucessos e também as músicas mais recentes que mantém acesa a chama do bom samba.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 22/05 – sexta-feira, às 21h I Teatro João Caetano

Dia 30/05 – sábado, às 20h I Teatro Flávio Império

Dzi Croquettes em Bandália

Companhia: Dzi Croquettes

Concepção, texto e direção geral: Ciro Barcellos

Elenco: Ciro Barcelos, Bayard Tonelli, Bruno Gissoni, Thadeu Torres e outros

Jovens atores se inspiram no sucesso do documentário sobre Dzi Croquettes e decidem reviver a filosofia do grupo dos anos 1970. Três remanescentes da formação original se unem à companhia e, juntos, criam uma comunidade e desenvolvem o espetáculo, que conta com o vigor físico, as danças, o humor e a irreverência peculiar ao famoso grupo.

> 110 minutos I 16 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 01, 02 e 03/05 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro João Caetano

 

Conversas com meu pai

Direção e interpretação: Janaina Leite

Texto: Alexandre Dal Farra

Um documentário cênico com traços de uma história real. Em uma caixa de sapatos, Janaina guarda uma infinidade de bilhetes escritos por seu pai após a traqueostomia que tirou a fala dele: eis o ponto de partida do trabalho de sete anos, que culminou na morte de seu Alair. Um amontoado de lembranças com as quais a atriz atua em cena.

> 60 minutos I 14 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 02 e 03/05 – sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Martins Penna

Dias 08, 09 e 10/05 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Clarices

Companhia: Cia. Teatral As Graças

Texto: Clarice Lispector

Atrizes: Daniela Schitini, Eliana Bolanho e Juliana Gontijo

Uma mostra de ideias, sentimentos e temas que habitam a obra de Clarice Lispector. O espetáculo utiliza seus depoimentos, crônicas, trechos de contos e romances. Assim, o grupo, através da criação de três outras Clarices, revela a mulher inspirada, lúcida e insana que é a escritora. Uma grande artista marcada pela poesia e intensidade.

> 60 minutos I14 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 07/05 – quinta-feira, às 19h30 I Biblioteca Clarice Lispector

Dia 12/05 – terça-feira, às 14h I Ponto de Leitura Jardim Lapenna

Dia 13/05 – quarta-feira, às 16h I Biblioteca Nuto Sant’anna

Dia 14/05 – quinta-feira, às 19h I Biblioteca Belmonte

Dia 15/05 – sexta-feira, às 10h I Biblioteca Afonso Schmidt

História de amor​

Companhia: Teatro da Vertigem

Direção: Antônio Araújo

Texto: Jean-Luc Lagarce

Elenco: Luciana Schwinden, Roberto Áudio, Sergio Siviero.

Escrita em 1991, a peça traz o encontro de um homem e de uma mulher com outro homem. Uma história de amor a três. Ao fim do romance, o casal abandona o primeiro personagem, que, sozinho, escreve, lê e se lembra do passado. O espetáculo recria o amor do trio e, mais importante, trata do amor pela escrita, pelo ato de criar e pelo teatro.

> 60 minutos I 14 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 15, 16 e 17/05 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Flávio Império

Dias 22, 23 e 24/05 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Alfredo Mesquita

Gaivota – é impossível viver sem teatro

Companhia: Antikatártika Teatral

Autor: Anton Tchekhov

Direção: Nelson Baskerville

Elenco: Renato Borghi, Noemi Marinho, Pascoal da Conceição, Élcio Nogueira e outros

A Gaivota” é uma obra que discute a falta de comunicação e a impossibilidade de entendimento entre humanos. Na montagem, ator e personagem se misturam no desejo de revelar os mecanismos do jogo teatral, para dissecar as almas da cena e as relações estabelecidas: o ponto de vista de quem enxerga o avesso ou os bastidores do acontecimentos.

 > 120 minutos I 16 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

 Dias 27, 28, 29, 30 a 31/05 – quarta-feira, quinta-feira, sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 18hs I Teatro Alfredo Mesquita

Show Musical: Pequeno Cidadão

Uma banda cheia de energia e rock’n’roll onde pais e filhos se divertem e aprendem através da música.

O Pequeno Cidadão é formado por Edgard Scandurra (Ira!), Taciana Barros (Gang 90) e Antonio Pinto (produtor de trilhas para cinema, como: Central do Brasil, Cidade de Deus, Lord of War, The Host). E por seus filhos!

No show, músicas super dançantes e animadas, além de malabares, acrobacias, coreografias malucas, vídeos e muita brincadeira! A atração encanta crianças e adultos com canções que vão do super pop ao rock psicodélico com temas do universo infantil: alegrias, dúvidas, bichos, desafios, tristezas, cidadania e amor.

> 90 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 10/05 – domingo, às 16h |Teatro Zanoni Ferrite

Dia 24/05 – domingo, às 16h | Sala Olido

Procurando Luiz

Companhia: Grupo Cena Teatral

Elenco: Roberto Haathner, Iris Yasbek e Bruno Perillo

Direção artística e direção musical: Gustavo Kurlat                          

Inspirado no Universo Poético de Luiz Gonzaga, PROCURANDO LUIZ conta a história de João (Roberto Haathner) e o jovem Luiz (Bruno Perillo) que guardam uma amizade verdadeiramente juvenil. Ao lado de Das Dores (Iris Yasbek), vivem uma aventura de superação, descobertas e reencontros, regadas às músicas do mestre Luiz Gonzaga. Música ao vivo com sanfona, zabumba e triangulo são executadas pelo elenco que canta e encanta o público, resgatando histórias, lendas e canções do Rei do Baião.

> 55 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

 Dia 09 e 10/05 – sábado e domingo, às 16h | Teatro Flavio Império

Dia 16 e 17/05 – sábado e domingo, às 16h | Teatro Cacilda Becker

Dia 23 e 24/05 – sábado e domingo, às 16h | Teatro Alfredo Mesquita

Dia 30 e 31/05 – sábado e domingo, às 16h | Teatro Zanoni Ferrite

junho

Angela em voz e violão

Angela Maria apresenta o novo show, “Angela em voz e violão”, espetáculo em que é acompanhada pelo violinista Ronaldo Rayol. O repertório traz clássicos como “Gente humilde” e “Vida de bailarina”, músicas regravadas por ela no álbum mais recente, como “O portão” (Roberto e Erasmo Carlos), e canções de Cartola e Lupicínio Rodrigues.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 02/06 – terça-feira, às 20h I Centro Cultural São Paulo

Dia 19/06 – sexta-feira, às 20h I Teatro Flávio Império

Elke Maravilha

A presença marcante, a forte personalidade e a energia amorosa são os elementos desse show intimista. Entre textos e canções, com interpretações pessoais, a artista divide com a plateia suas experiências e entendimentos de vida. Acompanhada pelo violão, guitarra e voz de Adriano Salhab, Elke Maravilha encanta com sua perfomance ao vivo.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 04/06 – quinta-feira, às 18h I Sala Olido

Dia 05/06 – sexta-feira, às 20h I Teatro Martins Penna

Dia 06/06 – sábado, às 21h I Teatro João Caetano

Zizi Possi

Os estudos musicais da artista começaram muito cedo: fez aulas de piano aos 5 anos e aos 18, em Salvador, cursou Composição e Regência na Universidade Federal da Bahia. O sucesso veio com “Pedaço de mim”, “Nunca”, “Esquece e vem” e “Asa Morena”. A apresentação traz canções famosas e também as novas criadas para o álbum “Tudo se transformou”.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 13/06 – sábado, às 19h I Centro Cultural São Paulo

Dia 20/06 – sábado, às 18h I Sala Olido

Rêverie – Morena Nascimento

Idealização, direção geral e atuação: Morena Nascimento

Direção, criação e trilha sonora: Morena Nascimento e Carolina Bianchi

Dramaturgia: Carolina Bianchi

O processo teve início com o convite feito pelo festival que celebrou 40 anos da companhia de Pina Bausch, com quem a intérprete trabalhou por 3 anos. O solo parte da observação do trabalho de fotomontagens da artista alemã Grete Stern. E o espetáculo condensa experiências afetivas e explosões fulminantes de amor e desastres cósmicos.

> 45 minutos I 12 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 05, 06 e 07/06 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Zanoni Ferrite

Dias 12, 13 e 14/06 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro João Caetano

Dias 26, 27 e 28/06 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Alfredo Mesquita

Vidas privadas

Direção: José Possi Neto

Elenco: Lavinia Pannunzio, José Roberto Jardim, Daniel Alvim e Maria Helena Chira

Texto: Nöel Coward

Adaptação: Marcos Renaux

Comédia sobre a história de um casal divorciado há cinco anos, que, ao se reencontrar durante a lua de mel, com seus respectivos novos pares, vê o amor renascer. Eles resolvem fugir para Paris e o fato desencadeia uma hilária trajetória com diálogos divertidíssimos.

> 90 minutos I 12 anos I Grátis (retirar ingressos com uma hora de antecedência)

Dias 05, 06, e 07/06 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Alfredo Mesquita

Dias 12, 13, e 14/06 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Flávio Império

A alma imoral

Adaptação, concepção cênica e interpretação: Clarice Niskier

Baseado no livro “A alma imoral”, de Nilton Bonder

A peça desconstrói e reconstrói conceitos milenares da história da civilização – corpo e alma, certo e errado, traidor e traído, obediência e desobediência. Sozinha no palco, Clarice Niskier está em contato direto com a platéia, sem fazer uso da chamada “quarta parede”. Para contar histórias e parábolas da tradição judaica, a atriz vale-se somente de uma cadeira panton preta e um grande pano preto.

> 80 minutos I 18 anos I Grátis (retirar ingressos com uma hora de antecedência)

Dias 06 e 07/06 – sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Centro Cultural da Juventude

Dias 12, 13 e 14/06 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Leopoldo Fróes

Procurando Luiz

Companhia: Grupo Cena Teatral

Elenco: Roberto Haathner, Iris Yasbek e Bruno Perillo

Direção artística e direção musical: Gustavo Kurlat                          

Inspirado no Universo Poético de Luiz Gonzaga, PROCURANDO LUIZ conta a história de João (Roberto Haathner) e o jovem Luiz (Bruno Perillo) que guardam uma amizade verdadeiramente juvenil. Ao lado de Das Dores (Iris Yasbek), vivem uma aventura de superação, descobertas e reencontros, regadas às músicas do mestre Luiz Gonzaga. Música ao vivo com sanfona, zabumba e triangulo são executadas pelo elenco que canta e encanta o público, resgatando histórias, lendas e canções do Rei do Baião.

> 55 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 06 e 07/06 – sábado e domingo, às 16h | Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Construtório

Companhia: Trucks

Texto e direção: Henrique Sitchin

Elenco: Rafael Senatore, Gabriel Sitchin e Rogério Uchoas

Em “CONSTRUTÓRIO” três operários ficam impedidos de saírem da obra em que trabalham, ao final do expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltarem para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas viagens pela imaginação. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos..

> 50 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 06 e 07/06 – sábado e domingo, às 16h |Teatro Flávio Império

Dia 13 e 14/06 – sábado e domingo, às 16h |Teatro Zanoni Ferrite

Dia 20 e 21/06 – sábado e domingo, às 16h |Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes

Dia 27 e 28/06 – sábado e domingo, às 16h |Teatro Leopoldo Fróes

Dia 04 e 05/06 – sábado e domingo, às 16h |Teatro Alfredo Mesquita

Julho:

Angelo Máximo

“Quando a saudade doer” é uma deliciosa viagem pela carreira do cantor, que começou como calouro no Programa Silvio Santos e, em seguida, conquistou o público brasileiro na década de 1970 com sucessos como “Domingo feliz”, “A primeira namorada” e “Vem me fazer feliz”, além de gravações de músicas de seu grande ídolo Elvis Presley.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 04/07 – sábado, às 18h I Sala Olido

Dia 12/07 – domingo, às 19h I Teatro Martins Penna

Dia 26/07 – domingo, às 19h I Teatro Flávio Império

Hermeto Pascoal

O artista alagoano é um dos mais inventivos do Brasil. A carreira, sólida e respeitada, começou na infância, quando, a partir de um cano de mamona de abóbora, montou um pífano para tocar aos pássaros. Eis uma de suas marcas: todo objeto pode virar instrumento musical. E, no palco, o público tem contato com sua imensa experiência criativa.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 11/07 – sábado, às 18h I Sala Olido

Dia 12/07 – domingo, às 19h I Centro Cultural São Paulo

 Arnaldo Antunes

Em um show intimista, o artista se apresenta acompanhado de dois músicos e explora, com liberdade, uma nova sonoridade para as canções já conhecidas pelo público. Violões, guitarras, teclados e sanfonas são os instrumentos usados no palco para as novas interpretações de músicas como “O pulso”, “Não vou me adaptar” e “Essa mulher”.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 17/07 – sexta-feira, às 19h I Sala Olido

Dia 25/07 – sábado, às 20h I Centro Cultural da Juventude

Cauby Peixoto

“A Voz do violão” traz canções compostas por grandes músicos, como Edu Lobo, Caetano Veloso, Gonzaguinha e Chico Buarque. Acompanhado pelo violinista Ronaldo Rayol, o artista revisita sua celebrada carreira em um

show intimista repleto de emoção. “Bastidores” e “Conceição”, entre outros sucessos, compõem o repertório da apresentação.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dia 18/07 – sábado, às 21h I Teatro Alfredo Mesquita

Dia 25/07 – sábado, às 20h I Teatro Flávio Império

As canções que você dançou pra mim

Companhia: Focus Cia de Dança

Direção, concepção, coreografia: Alex Neoral

Elenco: Alex Neoral, Carol Pires, Clarice Silva, Cosme Gregory e outros

Quatro casais são embalados por um “pot-pourri” com 72 canções de Roberto Carlos. O trabalho revisita sucessos como “Detalhes” e “O calhambeque” para trazer à cena o romantismo, o bom humor e a musicalidade do artista. A dança e a música aparecem num casamento perfeito, em um espetáculo para pessoas de todas as idades e tempos.

> 60 minutos I Livre I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 03, 04 e 05/07 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Flavio Império

Dias 10, 11 e 12/07 sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro João Caetano

Dias 18 e 19/07 – sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Teatro Martins Penna

Dias 24, 25 e 26/07 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Alfredo Mesquita

Assim é (se lhe parece)

Texto: Luigi Pirandello
Direção: Marco Antônio Pâmio
Elenco: Rubens Caribe, Martha Meola, Amanda Hayar, Luís Deschampse outros

Uma família vai morar numa pequena cidade do interior, após sobreviver a um terremoto. Na nova cidade, eles começam a chamar a atenção dos habitantes locais. O motivo: a filha e a sogra moram em casas diferentes. A explicação para o fato ganha várias versões, criando um alvoroço entre os moradores da localidade, ávidos por descobrir a verdade a qualquer custo.

> 90 minutos I 12 anos I Grátis (retirar ingressos com uma hora de antecedência)

Dias 10, 11 e 12/07 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro Alfredo Mesquita

Dias 17, 18 e 19/07 – sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 19h I Teatro João Caetano

A noite dos palhaços mudos

Companhia: Cia. La Mínima

Direção: Alvaro Assad

Texto: Laerte

Roteiro: La Mínima e Alvaro Assad

Elenco: Domingos Montagner, Fernando Sampaio e Fernando Paz

Stand-in: Marcelo Castro, Paulo Federal

Dois palhaços mudos são perseguidos numa noite por uma seita que pretende extingui-los. Um deles é mutilado e perde o nariz. Solidário, seu parceiro parte com ele para um ousado “resgate nasal”. Perseguições em meio às sombras, truques de magia, musicais e absurdos cômicos marcam a adaptação de HQ Laerte que evocam conflitos contemporâneos. Adaptação de HQ de Laerte teve quatro indicações ao Prêmio Shell 2008 e seis no Prêmio Coca-cola FEMSA de Teatro 2008.

> 60 minutos I 10 anos I Grátis (retirar com uma hora de antecedência)

Dias 12, 13 e 14/07 – sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h I Centro de Formação Cultural da Cidade Tiradentes

MESA SOBRE MÚSICA E LITERATURA

Os músicos Emicida e Romulo Fróes juntam-se ao músico e professor José Miguel Wisnik e ao escritor Fabrício Corsaletti para discutir sobre as relações entre a literatura e o cancioneiro popular em encontro mediado pelo editor José Guilherme Pereira.

 7 de julho (ter), 20h – Biblioteca Mário de Andrade

13 de julho (seg), 14h – Biblioteca Afonso Schmidt

14 de julho (ter), 14h – Biblioteca Adelpha Figueiredo

15 de julho (qua), 10h – Biblioteca Pedro Nava

16 de julho (qui), 14h – Biblioteca Cassiano Ricardo

17 de julho (sex), 14h – Biblioteca Alceu Amoroso Lima

CINEMA

Mostra de cinema argentino – Foco Córdoba

12 de maio a 07 de junho | Cine Olido

12 a 31 de maio | Centro Cultural São Paulo

Retrospectiva do cinema argentino contemporâneo, com foco em produções realizadas na cidade de Córdoba, nos últimos quatro anos. A programação reúne documentários e ficções inéditos e encontros entre realizadores argentinos e brasileiros. Parceria com a Asociación Cultura en Proyectos.

Lançamento de filmes brasileiros

Parceria com a SPcine

Maio, junho e julho

Inéditos no circuito de salas comerciais, A vida privada dos hipopótamos, de Maíra Bühler e Matias Mariani, e Hamlet, de Cristiano Burlan, são as duas atrações do programa. Ambos foram destaque em festivais brasileiros.

A VIDA PRIVADA DOS HIPOPÓTAMOS, de Maíra Bühler e Matias Mariani

São Paulo, 2014, 91min

Documentário sobre Christopher Kirk, técnico de informática americano que se mudou para a Colômbia após ter lido um artigo sobre os hipopótamos de Pablo Escobar. A vida privada dos hipopótamos é também um filme sobre a história de V., um relato que Kirk obsessivamente conta e reconta sobre sua paixão por uma misteriosa mulher nipo-colombiana – história que pode ou não ter relação com a sua prisão, em 2009

sinead o ́connor

A cantora e compositora irlandesa SINEAD O´CONNOR faz show pela primeira vez no Brasil, no Teatro Bradesco.  As suas composições falam de diversas temas, como o amor e religiosidade. Um dos seus maiores sucessos  é a música Nothing Compares 2 U. Outro sucesso é I Do Not Want What I Haven’t Got.

Teatro Bradesco São Paulo – 15 e 16 de junho

http://www.teatrobradesco.com.br/programacao.php?id=596&evento=SINEAD+O%27+CONNOR

Teatro Bradesco Rio

Avenida das Américas, 3.900 – Rio de Janeiro – RJ -18 de junho de 2015

http://www.opuspromocoes.com.br/programacao.php?id=2425&evento=SINEAD+O%27CONNOR

Oi Araujo Vianna – 20/06 – Porto Alegre-RS

http://www.oiaraujovianna.com.br/

A turnê divulga as canções do  álbum, I´M NOT BOSSY I´M THE BOSS, lançado em agosto de 2014.

Um link que fala sobre a sua carreira:

Todos os discos de Sinéad O’Connor

http://screamyell.com.br/site/2014/07/08/discografia-comentada-sinead-oconnor/

Um dos documentários mais emocionantes que já assisti.

O Sal da Terra

Filme O Sal da Terra fala das agruras e das belezas da vida na Terra. É um documentário sobre a vida e obra do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado. Concorreu ao Oscar 2015.

Quem conhece as obras desse gênio da fotografia sabe o quanto o seu trabalho mexe com a emoção do espectador.

Com teor de crítica e denúncia das desigualdades sociais no mundo, as suas fotos revelam as agruras do ser humano e o testemunho de fatos históricos recentes. Para ele, não é o fotógrafo que faz a foto. Quem dita como será o resultado da imagem captada é o fotografado.

O filme de Wim Wenders fala sobre o início da carreira de Salgado como economista, a sua trajetória no mundo e a sua volta para a terra, a fazenda de seu pai em Aimorés (MG) e a criação do Instituto Terra.

O espectador acompanha, com depoimentos e exibição de fotos, as andanças de Salgado e o retrato das tragédias humanas: o primeiro grande projeto pessoal: Outras Américas (1986), sobre os pobres na América Latina; depois, Sahel O “Homem em Pânico” (também publicado em 1986), em parceria com a ONG Médicos sem Fronteiras, cobrindo a seca no Norte da África; Trabalhadores (1993), que retrata as duras condições de trabalho em várias regiões do mundo, e Êxodos e Retratos de Crianças do Êxodo ( 2000), que, como o título diz, e nas palavras do fotógrafo  – conta a história da humanidade em trânsito.

Sou encantada pelo talento de Win Wenders. Quando assisti Asas do Desejo, fiquei impressionada com a sensibilidade e poesia do seu trabalho.  Buena Vista Social Club é outro documentário especial, além de Pina, sobre a coreógrafa e bailarina Pina Bausch.

Wenders conta que ficou impressionado com as fotos de Salgado e que, tempos depois, quando ele o convidou para acompanhá-lo numa expedição, aceitou o convite na hora.

O Sal da Terra une a genialidade de Wenders (que conta com a codireção de Juliano Salgado- filho do fotógrafo)  e de Sebastião Salgado. É um documentário emocionante, impactante, que valoriza a genialidade de Salgado e coloca em evidência a importância das suas realizações, num mundo em que a guerra e a miséria ainda estão presentes.

O Sal da Terra tem que ser visto. Uma aula do que é ser fotógrafo, sem dúvida, mas acima de tudo uma aula de humanidade e sensibilidade.

Claro que um dos destaques do filme é a fotografia. As imagens são belíssimas. Além disso, uma oportunidade ímpar para ver fotos de Sebastião Salgado, já que elas é que são o fio condutor das memórias dos fatos vividos.

Vi a exposição Êxodos, conhecia fotos de seus livros, como Trabalhadores, e vi duas vezes a exposição Gêneses, no Sesc Belenzinho. Não tinha, no entanto, um conhecimento mais profundo de sua trajetória. Saí do filme emocionada, me sentindo privilegiada pela oportunidade de assistir a um filme de tamanha sensibilidade e qualidade.

Título original: Le Sel de La Terre

Direção: Wim Wenders e Juliano Salgado

Roteiro: Wim Wenders, Juliano Salgado e David Rosier

Produção: David Rosier

Fotografia: Hugo Barbier e Juliano Salgado

Edição: Maxine Goedicke, Rob Myers

Gênero: Biografia, Documentário

País: França, Itália

Para ler o texto completo:http://arteessenciadavida.blogspot.com.br/2015/04/o-sal-da-terra-documentario-sobre-vida.html

Para saber onde está sendo exibido:

http://www.imovision.com.br/

https://www.facebook.com/oSaldaTerrafilme

Bom divertimento!

 

Por Nanda Rovere10928848_440169949472329_4709229467753456317_n

Historiadora, jornalista e crítica teatral

nandarovere@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s