Em Pulsões o público é convidado a mergulhar num universo lúdico

 

11988482_1907467939478811_9090426040775667037_n

“A loucura está profundamente ligada ao desamor. Só o amor salva alguém da loucura” – Nise da Silveira

Viver é estar sempre numa corda bamba, num mundo em que o limite entre a sanidade e a loucura muitas vezes é tênue.

A única salvação, assim como no texto Pulsões, de Dib Carneiro Neto é o amor, que pode deixar o cotidiano mais leve e interessante.

Em Pulsões, é mostrada a alma inquieta de dois artistas, ela é bailarina (Fernanda de Freitas, atriz que integrou o elenco de Tapas & Beijos, da Globo); ele é músico ( Cadu Favero). Eles estão entre a sanidade e a loucura, entre a realidade e a alucinação. O encontro entre os dois é marcado por um emaranhado de sensações e emoçoes.

O clima onírico toma conta do palco. A ideia não é provocar reflexões e sim sensações, mexer com o inconsciente.

Esse encontro acontece num lugar indefinido e eles correm o risco de perder a memória, e consequentemente as suas identidades. A música, a dança e o contato que estabelecem pode salvá-los.

A diretora Kika Freire é bailarina e usa a sua experiência nessa área para a criação do espetáculo.

Movimentos precisos, coreografados, o texto poético e a trilha tocada ao vivo servem para realçat o clima onírico das cenas.

A peça surgiu de uma encomenda de Kika Freire para o dramaturgo Dib Carneiro Neto, que mergulhou na obra da Dra. Nise da Silveira e aborda a falta de limites entre a arte e a loucura.

Música, figurino e luz contribuem para que a ação aconteça num ambiente onírico, de extrema poesia. A música tem função dramatúrgica e a trilha é executada ao vivo. João Bittencourt e Maria Clara Valle tocam ao vivo piano e violoncelo.

Segundo o autor Dib Carneiro Neto, o espectador é convidado a mergulhar nas suas singularidades, “Que sirva a cada um como uma tentativa de mergulho nas próprias profundezas e delicadezas. Como uma vertigem cênica revolvendo nossas fragilidades mais inconfessáveis. Como um oásis de imaginação irrefreável em meio ao pragmatismo concreto de nosso cotidiano. Música e dança indissociáveis do teatro e, portanto, da vida e da morte. Para vocês, e com vocês, uma bailarina e um maestro”, declara.

Dib tem uma trajetória de sucesso como dramaturgo. Seu primeiro sucesso foi Adivinhe quem vem para rezar, com direção de Elias Andreato e Paula Autrane Claudio Fontana no elenco. Depois assinou adaptações, do livro Depois Daquela Viagem, de Valéria Piazza Polizzi, Salmo 91 (baseado em Estação Carandiru), Crônica da casa Assassinada, de Lucio Cardoso, e Calígula, com direção de Gabriel Villela. No ano passado, Gabriel Villela dirigiu outro texto seu, Um Réquiem para Antonio, que colocava no palco um acerto de contas entre os compositores Mozart e Antonio Salieri.

Dib é jornalista e crítico teatral de espetáculos infantis, com coluna semanal na Revista Crescer.

ENTREVISTA COM DIB CARNEIRO NETO

http://arteessenciadavida.blogspot.com.br/2015/09/danca-musica-e-poesia-impulsionam-as.html

Algumas fotos da estreia (18/09/2015)

11204880_10208336542314086_7580917933336425705_n

Fernanda de Freitas e Cadu Favero

12032984_10208336542634094_9124616911648702680_n

Detalhe do cenário

12049118_10208336543034104_3722861281069117399_n

Dib Carneiro Neto, Maria Clara Valle (violoncelo), Cadu Favero, Fernanda de Freitas, João Bittencourt (piano) e Kika Freire ( diretora)

Ficha Técnica

Texto: Dib Carneiro Neto

Direção: Kika Freire

Elenco: Fernanda de Freitas e Cadu Favero

A ATRIZ NATALIA GONSALES DIVIDE O PAPEL DA BAILARINA COM FERNANDA DE FREITAS NAS TEMPORADAS PAULISTANAS.

Direção musical e Trilha sonora: Marco França

Piano: João Bittencourt

Violoncelo: Maria Clara Valle

Iluminação: Fran Barros

Cenários e Figurinos: Teca Fichinski

Caracterização: Rose Verçosa

Fotografia e Programação Visual: Victor Hugo Cecatto

Serviço

Teatro Sergio Cardoso

Sala Paschoal Carlos Magno (144 lugares)

Rua Rui Barbosa, 153. Bela Vista

Bilheteria: 3288.0136

De segunda a sábado, das 14h às 17h, para vendas antecipadas. De segunda a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Aceita todos os cartões.

Vendas: www.ingressorapido.com e 4003.1212

Sexta a Domingo às 20h

Ingressos:

Sexta R$ 30 | Sábado e Domingo R$ 60

Duração: 50 minutos

Recomendação: 14 anos

Estreia dia 18 de Setembro

Curta Temporada: Até 18 de Outubro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s