NANY PEOPLE CINDERELA MODERNA. COLORIDA SIM, POR QUE NÃO?

NANY PEOPLE

CINDERELA MODERNA. COLORIDA SIM,

POR QUE NÃO?

LF3_0085

Quem pensa que as histórias de conto de fadas acontecem apenas em livros e com base em um padrão predefinido, desconhece que sonhos foram feitos para serem vividos, independentemente da vontade e da opinião alheia.

Há tempos que os heróis e heroínas retratados nas histórias imaginárias se rebelaram, sacudiram a poeira, mandaram um beijinho no ombro, adotaram renomados cirurgiões plásticos e, literalmente, dominaram e administraram suas vidas e suas contas bancárias.

LF3_0124

Para as pessoas perseverantes e inteligentes, o romance não se perde e nem se desvaloriza na adaptação das histórias de príncipes, princesas e cinderelas em suas vidas; pelo contrário, as histórias ganham alegria e ficam mais coloridas, especialidade da “esforçadinha” como Nany People se autodenomina.

Nany People nasceu em Machado, Minas Gerais, foi criada em Poços de Caldas, onde iniciou sua carreira teatral. Fez curso de extensão universitária de interpretação, pela Unicamp, e estudou teatro no Teatro Escola Macunaíma.

Em busca de seus sonhos, a cinderela moderna, que não desanimava diante dos diversos obstáculos, passou a assinar uma coluna na revista G Magazine e, posteriormente, passou a ser contratada como apresentadora de shows, eventos performáticos, entre outros.

Movida por seus sonhos e pela força de vontade – características adquiridas de sua mãe, Yvone Cunha Gregório, que sempre fez questão de lembrá-la de que ela nunca permitisse que as pessoas a menosprezasse – ingressou na TV e ganhou projeção nacional, no ano de 1997, como repórter do programa Novo Comando da Madrugada, de Goulart de Andrade, na extinta Rede Manchete.

13254865_613568662129252_6807479895358288569_o

Para quem tem como conceito que o limite é o céu, sua corrida na terra estava apenas começando quando foi repórter do programa “Flash” na Rede Bandeirantes, para em seguida, se tornar entrevistadora no Programa Hebe com links ao vivo.Toda essa desenvoltura e simpatia a lançou diretamente ao banco da A Praça É Nossa, tornando-a integrante do elenco.

13301392_647587585397230_2192585456023305985_oAtuou em filmes, peças teatrais, stand up, rádios. Fez parte do elenco de artistas de A Fazenda III, sendo a quinta participante eliminada desse reality show, e recentemente foi contratada pela Rede Record para fazer parte do programa Xuxa Meneghel, como repórter, participando, no palco, com a rainha.

Enfim, nada como ser o autor da própria história, andar pelos caminhos sonhados, rir e gargalhar com a alma. Vrawwwwwwwwp (barulho do leque). Confira a entrevista com essa Cinderela Colorida.LF3_0070

CB: Como define a pessoa NANY PEOPLE diante de um obstáculo?

Nany People: Determinada… Sempre foco na determinação.

CB: Qual a maior superação que você enfrentou até hoje, e o que essa experiência mudou em você?

Nany People: A superação da perda da minha mãe que adoeceu e faleceu em um mês e meio… Foi como relâmpago!

CB: Qual conselho você daria para as pessoas que estão vivendo um momento difícil, parecido com o que viveu?

Nany People: Cada pessoa reage de uma maneira diante das perdas da vida. Eu tenho comigo um sentimento de aceitação. Acredito que tudo acontece por já estar traçado. Fé ajuda muito e, sobretudo, o sentimento de resignação. É muito egoísmo querer manter perto de nós uma pessoa querida e pensar que a enfermidade lhe dará uma sobrevida. É melhor deixá-la partir e guardar uma imagem viva da pessoa feliz e produtiva!

CB: Desde que ingressou no meio artístico, qual foi a maior dificuldade que você enfrentou?

Nany People: A manutenção da agenda no oficio de viver e produzir teatro, engatando um trabalho no outro. Por isso faço tantas coisas ao mesmo tempo! Entrar na carreira pode até ser acidental. Manter-se no “galope do oficio” é que são elas!

11958102_496184873880779_8195001023876990553_o

CB: Pessoas públicas precisam lidar com a cobrança diária do público, seja na vida pessoal ou profissional, como você consegue lidar com isso?

Nany People: Francamente? Abstenho! Desde cedo acostumei as pessoas a perceberem que reajo francamente a qualquer cobrança. Sou fiel ao meu estilo, me amo demais para me deixar perder por cobranças ou expectativas alheias. Do visual ao pessoal, experimento sempre! Me permito. Não gostou? Então…

CB: Quando e por que resolveu tomar a decisão de se tornar uma transformista, comediante e, consequentemente, uma atriz?

LF3_0091

Nany People: A atriz sempre esteve em primeiro plano. Desde a minha pré-consciência de social ou sexual, eu sempre quis ser artista! O quesito transsexualidade também sempre veio no pacote, mas daí para fazer acontecer, foi sucessível, uma coisa levou a outra! Primeiro me compus profissionalmente, daí por diante foi tudo acontecendo.

CB: Para você, o que significa estar trabalhando junto à Xuxa, na Rede Record?

Nany People: Um novo tempo, um novo desafio, um presente e uma resposta de credibilidade por todo o meu histórico profissional.

CB: Conte um pouco sobre a sua batalha durante esses anos para mostrar seu talento profissional.

Nany People: A gente responde aos desacatos da vida com trabalho. Criei minha credibilidade profissional e pessoal, trabalhando! Contratempos todo mundo tem, mas por ser teimosa e altruísta por natureza, sempre me predispus ao “sim”. A gente faz acontecer! Bem como aquela historia de fazer uma limonada de um limão!

CB: Como concilia sua carreira com sua vida pessoal? Profissionalmente, o que te dá mais prazer, o teatro ou a TV?

Nany People: Concilia-se, conciliando; tudo junto e misturado (risos). Não sou daquela que chega em casa e desliga o celular. Imagina, amo o que faço. Meu Trabalho é minha Festa. Já interrompi transa para terminar de fechar um contrato! (risos). Teatro, sempre! “Cinema é a Arte do Diretor. TV é a Arte do Patrocinador. Teatro é a Arte do Ator!” (Paulo Autran)

CB: Em um momento de reflexão, quando descobriu que não havia espaço em sua vida para o Jorge Demétrio? Como foi lidar com essa descoberta? Quais as consequências que teve ao encarar e assumir que você seria sempre a Nany people?

LF3_0145

Nany People: Na verdade, quem segura a NANY PEOPLE são os valores e a formação do Jorge Demétrio. Um não existe sem o outro! A partir do momento em que tomei coragem e dei asas à minha “poção mulher” que até então se resguardara, tive que me conscientizar de que algumas limitações viriam no pacote! Meditei… respirei… e negociei, sempre!

CB: O que acha sobre a Cirurgia de Redesignação Sexual? Pretende realizá-la?

Nany People: O assunto Caleidoscópico… requer muitos olhares que vão além da estética! Já passei pela “Febre Terçã” de querer fazê-la! Hoje não mais!

CB: O que a cinderela significa em sua vida?

Nany People: Cinderela sempre será minha “Pandora virtual”. Foi nela que me refugiei e refugio todas as vezes que a vida pesou e pesa! É a minha grande inspiração! Me ajudou a transpor momentos muito difíceis pois “Um sonho é um desejo da alma!”

CB: Para você, o que uma pessoa necessariamente precisa ter para ganhar seu coração?

Nany People: Pode até ser uma pessoa fake em sentimento, mas se no primeiro momento ela já deixar claro um suspiro de ser verdadeira, me ganhou!

CB: Momento desabafo: do que se arrepende que, se pudesse, reescreveria a história?

Nany People: Olha, eu não me arrependo de nada. Sempre tomei as atitudes e decisões que me foram pertinentes àquela situação. Não sou de remoer o passado!

CB: Qual a imagem que as pessoas costumam ter de você que não condiz com sua personalidade, e como realmente é Nany People?

LF3_0098

Nany Peoply: As pessoas acham que bato cartão nas “Raves da Vida” diariamente; que sou Carnaval o tempo todo. Ledo engano! Sou canceriana, caseira e família de nascença! (risos) Sou prá casar, meu amor. Os homens que insistem em não acreditar. (risos)

CB: Em poucas palavras: para você, o que significa:

Nany People:

Fé: Acreditar no impossível.

Família: A base de tudo.

Amigos: A gente escolhe, acolhe, aprende e deixa seguir.

Amor: É matemática.

Preconceito: Ignorância atrevida.

Liberdade: também aprisiona.

Decepção: Com a noite, que já foi muito mais animada e saudável!

13254637_1603246023298804_4638652697780692084_o

CB: Qual é o projeto profissional que sonha realizar ?

Nany People: Meu Talk Show.

CB: Atualmente, o que seria um sonho ainda não vivido?

Nany People: Passar uma noite no Castelo da Cinderela! (risos)

CB: Se existe de fato uma receita, em sua concepção, qual seria a receita para se sentir feliz?

Nany People: Fazer o que se gosta e viver do que se faz! Se você levanta diariamente e vai trabalhar no que gosta, você é muito Feliz!

CB: De Nany People para o mundo (uma mensagem, ideia, filosofia…):

Nany People: Sobreviva às pessoas e elas não esquecerão.

Bom Humor sempre!!!! Vrahhhhhhhhhhhhhhhhhhh (barulho do leque)

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (risos)

 

Por: Cristiane Bortolossi11062325_510559382433385_1259895617825988944_n-3

 

Fotos:

Luis França

Cláudio Motta

Jerônimo Gomes

Acervo Pessoal

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s