As dicas da Nanda Rovere para uma semana cultural

aqaa

A Hora e Vez é um solo de Ricardo Rui Diaz a partir do conto A Hora e Vez de Augusto Matraga, de João Guimarães Rosa. A peça está em cartaz no Teatro do Núcleo Experimental.

Na trama, depois de cair numa emboscada liderada por Major Consilva, Nhô Augusto é dado como morto. Socorrido por um casal de pretos, consegue sobreviver.

Quando se recupera, dedica sua vida ao trabalho, à penitência e à oração. Depois de anos de reclusão no povoado do Tombador, parte para Arraial do Rala-Côco, onde tem um encontro decisivo com um velho amigo e cangaceiro, Seu Joãozinho Bem-Bem.

O espetáculo foi criado dentro do Laboratório Dramático do Ator, de Antonio Januzelli, que estuda o intérprete e os caminhos que o levam a um trabalho de interiorização e construção cênica.

Ficha Técnica:

A Hora e Vez

A partir do conto “A Hora e Vez de Augusto Matraga”, de João Guimarães Rosa

Adaptação e atuação: Rui Ricardo Diaz

Direção e Figurino: Antonio Januzelli

Assistência: Fani Feldman

Iluminação: Osvaldo Gazotti

Pesquisa de Vocábulo Regional: Joaquim Dias da Silva

Estudo de Teatro Físico: Luis Louis

Arte Gráfica: Ideografia Soluções Gráficas

Acervo de figurino: Roupa de Santo

Produção: QUINCAS

Idealização: Cia. do Sopro

Realização

Governo do Estado de São Paulo

Secretaria da Cultura

ProAcSP

Serviço – A Hora e Vez

Reestreia dia 4 de junho.

60 minutos.

Classificação indicativa: 16 anos

Teatro do Núcleo Experimental

Rua Barra Funda, 637 – Barra Funda – São Paulo – SP

65 lugares.

Telefone: (11) 32590898 (a bilheteria abre com 1 hora de antecedência do espetáculo).

www.compreingressos.com

Sábados às 21h e domingos às 19h.

R$ 40.

Até dia 28 de agosto.

sazq

RAINHAS DO ORINOCO

Viagens pelo Brasil

Já perceberam que estou indicando desde a estreia, em maio?

Indico com muito gosto porque é pura poesia e muito divertido. Agora o público de diversas cidades brasileiras poderá conferir esse belo espetáculo!

Rainhas do Orinoco, de Emilio Carballido, tradução de Hugo de Villavicenzio. Comédia.

Mina e Fifi são duas atrizes de teatro musical que ganham a vida com shows pela América Latina.

Viajando em um barco pelo rio Orinoco, elas cantam e representam seus amores e seus sonhos em uma aventura repleta de lirismo, canções, drama e bom humor.

Elenco: Walderez de Barros, Luciana Carnieli e Dagoberto Feliz.

Direção Gabriel Villela

 

Belo Horizonte

16/07 às 21h; 17/07 às 19h

Teatro Bradesco

Informações: 31 3516 1360

Comprar ingresso: http://www.compreingressos.com/espetaculos/6581-rainhas-do-orinoco

 

Ribeirão Preto

23/07 às 21h; 24/07 às 19h

Theatro Pedro II

Informações: 16 3977 8111

Comprar ingresso: https://www.bilheteriarapida.com.br/teatrogt/

https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=50379#!/tickets

 

São José dos Campos

30/07 às 21h; 31/07 às 19h

Teatro Colinas

Informações: 12 3204 5236

Comprar ingresso: https://www.bilheteriadigital.com/30-07-rainhas-do-orinoco-30-de-julho

 

Porto Alegre:

06/08 às 20h00 e 07/08 às 18h00
Theatro São Pedro

Informações: (51) 3227.5100 ou
(51) 3227.5300

Comprar ingresso: https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=50505#!/tickets

 

Curitiba

13/08/2016  às 20:00 (Abre a casa) – 21:00(Aprox. do evento)
14/08/2016 – 19:30 (Abre a casa) – 20:30 (Aprox. do evento)
Teatro Guaíra – Pequeno Auditório
Centro Cultural Teatro Guaíra

Informações: 41 3304-7900 / 3304-7999
Comprar ingresso:
http://www.diskingressos.com.br/evento/4349
http://www.diskingressos.com.br/evento/4350

 

Ficha Técnica

Texto: Emilio Carballido Tradução: Hugo de Villavicenzio. Direção: Gabriel Villela. Elenco: Walderez de Barros, Luciana Carnieli e Dagoberto Feliz. Figurino: Gabriel Villela Cenografia: William Pereira. Arranjos Instrumentais: Dagoberto Feliz. Direção Musical: Babaya. Iluminação: Caetano Vilela. Assistentes de direção: Ivan Andrade e Daniel Mazzarolo. Produção Executiva: Luiz Alex Tasso. Direção de Produção: Claudio Fontana. Patrocínio: Vivo e 2S Inovações Tecnológicas

 

Comunidade GABRIEL VILLELA

https://www.facebook.com/groups/133795370015657/?fref=ts

Página da peça: https://www.facebook.com/rainhasdoorinoco/?fref=ts

Blog em homenagem ao Gabriel Villela: http://gabrielvillelahomenagem.blogspot.com.br/

Artur_Azevedo

Artur Azevedo 

Contista, teatrólogo, poeta e jornalista, nasceu em São Luís, Maranhão, no dia 7 de julho de 1855.  Faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 22 de outubro de 1908.

Artur Nabantino Gonçalves de Azevedo figurou, ao lado do irmão Aluísio Azevedo, no grupo fundador da Academia Brasileira de Letras, onde criou a Cadeira n. 29, que tem como patrono Martins Pena, não por acaso um autor teatral. O teatro foi sempre a grande paixão de Artur.

Foi um dos grandes defensores da abolição da escravatura, em seus artigos de jornal, em cenas de revistas dramáticas e em peças.

A partir de 1879 dirigiu, com Lopes Cardoso, a Revista do Teatro.

O Mambembe e A Capital Federal são as suas peças de maior sucesso.

 

Arrufos

Não há no mundo quem amantes visse

Que se quisessem como nos queremos;

Mas hoje uma questiúncula tivemos

Por um caprichozinho, uma tolice.

– Acabemos com isto! ela me disse,

E eu respondi-lhe assim: – Pois acabemos!

– E fiz o que se faz em tais extremos:

Peguei no meu chapéu com fanfarrice,

E, dando um gesto de desdém profundo,

Saí cantarolando. Está bem visto

Que a forma ali contradizia o fundo.

 

Ela escreveu. Voltei. Nem Jesus Cristo,

Nem minha Mãe, voltando agora ao mundo,

Foram capazes de acabar com isto!

 

VEM

Escrúpulos?…Escrúpulos!…Tolice!…

Corre aos meus braços! Vem! Não tenhas pejo!

Traze o teu beijo ao encontro do meu beijo,

E deixa-os lá dizer que isto é doidice!

Não esperes o gelo da velhice,

Não sufoques o lúbrico desejo

Que nos teus olhos úmidos eu vejo!

Foges de mim?… Farias mal? …. Quem disse?

 

Ora o dever! – o coração não deve!

O amor, se é verdadeiro, não ultraja

Nem mancha a fama embora alva de neve.

Vem!… que o sangue férvido reaja!

Amemo-nos, amor, que a vida é breve,

E outra vida melhor talvez não haja!

Artur Azevedo

Antologia : Os Cem Melhores Sonetos

Brasileiros – Alberto de Oliveira – 1951 – 3ª edição.

 

ETERNA DOR

Já te esqueceram todos neste mundo…

Só eu, meu doce amor, só eu me lembro,

Daquela escura noite de setembro

Em que da cova te deixei no fundo.

Desde esse dia um látego iracundo

Açoitando-me está, membro por membro.

Por isso que de ti não me deslembro,

Nem com outra te meço ou te confundo.

 

Quando, entre os brancos mausoléus, perdido,

Vou chorar minha acerba desventura,

Eu tenho a sensação de haver morrido!

E até, meu doce amor, se me afigura,

Ao beijar o teu túmulo esquecido,

Que beijo a minha própria sepultura!

Artur Azevedo

Antologia : Os Cem Melhores Sonetos

Brasileiros – Alberto de Oliveira – 1951 – 3ª edição.

 

MUSA INFELIZ

Todo o cuidado nestas rimas ponho;

Musa, peço-te, pois, que me remetas

Versos que tenham rútilas facetas,

E não revelem trovador bisonho.

 

Meia noite bateu. Sai risonho…

Brilhava – oh, musa, não me comprometas! –

O mais belo de todos os planetas

N’um céu que parecia um céu de sonho.

O mais belo de todos os prazeres

Gozei, à doce luz dos olhos pretos

Da mais bela de todas as mulheres!

Pobres quartetos! míseros tercetos!…

Musa, musa infeliz, dar-me não queres.

O mais belo de todos os sonetos!…

Artur Azevedo

Contos:

http://contobrasileiro.com.br/category/artur-azevedo/

Para saber mais:

http://educacao.uol.com.br/biografias/artur-azevedo.htm

http://www.academia.org.br/academicos/artur-azevedo/biografia

wss

Araraquara tem um museu dedicado ao teatro de bonecos

O Espaço do Boneco foi fundado com o intuito de difundir o teatro de animação e promover estudos sobre essa arte encantadora e que mexe com a emoção de crianças e adultos.

A coordenação da Cia Polichinelo, que realiza trabalhos na área de teatro de bonecos na cidade de Araraquara e pelo Brasil.

Os visitantes poderão ver uma exposição permanente do acervo da companhia, contando com vários bonecos de diferentes técnicas, obras literárias para estudos e informações sobre o surgimento do teatro de bonecos, além, claro, de dados sobre a Cia Polichinelo.

Exposição aberta ao público, de forma gratuita, de segunda a sexta feira, das 14h00 as 18h00.

O local oferece:

-Visitas monitoradas para crianças

-Oficinas de formação

-Cursos livres sobre os processos criativos do teatro de animação

-Café com arte – Diálogos sobre o fazer teatral

Espaço do Boneco

Av. Feijó, 804 – Centro – Araraquara – SP

Informações pelo fone: (16) 3214 9287

E mais: O diretor Márcio Pontes registrou a trajetória da Cia. Polichinelo de Teatro no livro Diário de bordo – a história da Cia Polichinelo de Teatro de Bonecos.

https://www.facebook.com/museudoboneco/info/?tab=overview

dsws

Sobre a Cia:

A Companhia Polichinelo de Teatro de Bonecos, criada e dirigida pelo artista Márcio Pontes, estabeleceu-se em Araraquara, interior paulista, em 1997, sendo que nessa década e meia de atuação sua efervescência cultural foi apreciada Brasil afora.

Na Cia, o teatro de animação, que nunca sai de foco, permeia um leque de produções que varia desde a contação de histórias até os mais elaborados espetáculos para teatros fechados adaptados para abrigar os deslumbrantes efeitos visuais e sonoros concebidos para dar vida a histórias de amor, de comoção, de humor ou até mesmo de medinho. http://www.ciapolichinelo.com.br/

 

Vi esse pensamento no Face e achei uma graça:

w2w

 

Algumas dicas de rádios que tocam MPB na Internet

www

MPB FM

http://www.mpbbrasil.com.br/

Fundada há 14 anos, a MPB FM é a única rádio no dial carioca que toca exclusivamente música popular brasileira.

sws

Rádio Inconfidência

http://inconfidencia.mg.gov.br/

Emissora pública de Minas Gerais

logo-header

Rádio Nova Brasil FM

http://www.novabrasilfm.com.br/#/

e2w

Otimiza Brasil

http://www.otimizabrasilmpb.net/

download

USP FM

USP FM foi fundada no dia 11 de outubro de 1977 como uma das primeiras emissoras educativas a ocupar o dial FM da cidade de São Paulo. Sua programação é composta da MPB ao rock, do jazz ao samba, além de ser uma das poucas emissoras que inclui música instrumental

w2

Rádio Cultura Brasil

Link com várias Rádios

http://www.radios.com.br/radio/segmento/mpb/71

018fa5cb9997add140dc5054e96339a523566867

e Rádio Cultura FM ( instrumental/ clássica)

http://culturafm.cmais.com.br/

 

0110a53criacaodesitescrisoft

Visitem o meu site:

www.deolhonacena.com.br

Matérias sobre teatro, cinema, shows e eventos culturais em geral.

Página no Face:

https://www.facebook.com/sitedeolhonacena/?fref=ts

 

Abração da Nanda Rovere

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s