Dicas da Nanda Rovere. A arte alimenta a alma!

 

asaqq

Antonio e Bruno Fagundes, pai e filho, reestreiam o espetáculo Vermelho

Depois de temporada de sucesso em São Paulo, viagens e um hiato para apresentações de Tribos, Vermelho volta a ser apresentado

O excelente Vermelho, com Antonio Fagundes e Bruno Fagundes está de volta a São Paulo, direção de Jorge Takla

A peça fala do processo de criação artística a partir do encontro entre o consagrado artista Mark Rothko  e seu novo assistente, Ken, em que realizam uma discussão sobre o trabalho artístico e os diferentes modos de se entender e de se fazer arte.

“Rothko tem uma história fascinante e um entendimento único de arte. Queremos mostrar, de forma leve e bem-humorada, essa grande história”, afirma Bruno Fagundes.

A trama é ambientada no final dos anos 50, em Nova York, quando o icônico pintor (líder do Expressionismo Abstrato) recebeu um convite para pintar grandes painéis de um luxuoso restaurante em Nova York e recebeu muito bem por essa tarefa. Mas, e a arte? Como manter a essência artística e a ética diante do mercado? O que é arte?

Um espetáculo centrado na palavra e com o foco na interpretação dos atores. Antonio é um dos nossos maiores atores, experiente, seguro, com domínio do drama e humor.

Bruno, quando estreou Vermelho, já tinha uma bagagem de estudo e encenação, mas pequena. Conseguiu um ótimo resultado, demonstrando talento e uma vontade enorme de se superar a cada apresentação.

Muito bonita a entrega do Bruno e um privilégio vê-lo em cena ao lado do pai.

No seu trabalho seguinte, Tribos, onde interpretava um garoto surdo, Bruno conseguiu um resultado excelente, tanto na parte vocal quanto gestual.

A sua entrega também foi imensa e a sua interpretação envolvente. Cresceu muito como ator nesse trabalho. Essa experiência com certeza lhe deu mais bagagem para interpretar novamente o assistente de Rothko.

Ficha Técnica:

Texto: John Logan.

Tradução: Rachel Ripani.

Direção: Jorge Takla.

Elenco: Antonio Fagundes e Bruno Fagundes.

Figurinos: Fabio Namatame.

Design de Luz: Ney Bonfante.

Design de cenário: Jorge Takla.

Assistente de produção: Gustavo de Souza.

Diretor de produção: Carlos Martin.

Assessoria Jurídica: OLN Advogados.

Assessoria de imprensa: Coletiva Comunicação.

Realização: Fagundes Produções.

De 12 de agosto a 04 de dezembro de 2016.

Local: Teatro Tuca – Teatro da PUC.

Endereço: Rua Monte Alegre, nº 1.024, Perdizes, São Paulo, SP.

Telefone: (11) 3670-8455.

Duração: 80 minutos.

Classificação etária: 12 anos.

Preços: sextas-feiras – R$60,00; sábados – R$ 80,00 e domingos – R$ 70,00.

Horários: sextas-feiras e sábados às 21h30 e domingos às 18h.

Capacidade de público por sessão: 672 pessoas

Compras pela Internet: www.ingressorapido.com.br

Tel: (11) 4003-1212

Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a domingo das 14h às 20h

Aceita todos os cartões de crédito.

Estacionamento conveniado: Pier Park Estacionamentos – Rua Monte Alegre, 835 – R$18,00

Sessões com acessibilidade para deficientes auditivos e visuais: dias 27/08, 24/09, 29/10 e 26/11. Sempre o último sábado do mês (Interprete de LIBRAS, áudio descrição e tablets com legenda).

13694683_659318750889017_1251520085_n (2)

Já indiquei, mas reforço que estreia dia 12, sexta

“O Grande Sucesso”, no Teatro Vivo, em São Paulo!   

Teatro e música se misturam nesse espetáculo com o ator curitibano Alexandre Nero, que volta ao palco como ator após 9 anos de ausência.

A trama gira em torno da busca doentia pela fama através da trajetória de uma banda.

A estreia é dia 12 de agosto.

Nero participa do roteiro, direção, trilha original e direção musical, Nero está em cena com artistas curitibanos.

Uma ótima oportunidade para quem não conhece o trabalho do músico e ator no teatro, vê-lo nos palcos.

A peça integra o Programa Vivo EnCena, da Plataforma Vivo Transforma.

13882470_273645716352269_1722163726286328652_n

Para saber mais detalhes:

http://www.deolhonacena.com.br/index.php?pg=3a3b&sub=124#linha

No Face:

https://www.facebook.com/ogdesucesso/

Alexandre Nero hoje no ‪#‎estudioI‬
Ele esteve com Maria Beltrão, falando sobre O Grande Sucesso

Confira no link http://glo.bo/2aMxPUR

 

E sexta e sábado tem mais estreias:

1212244a07criacaodesitescrisoft

Vestir o Pai , texto de Mário Viana, ganha nova montagem dirigida por de André Di Paulo e Tiago Pessoa

http://www.deolhonacena.com.br/index.php?pg=3a3b&sub=121#linha

Vestir o Paí é uma comédia de humor ácido que já foi dirigida por Paulo Autran, com Karin Rodrigues, Otavio Martins, Leona Cavalli e Bárbara Paz no elenco. Nessa nova versão, que entra em cartaz a partir de 13 de agosto no Teatro Augusta, a direção é de André Di Paulo e Tiago Pessoa e estão em cena os atores Cláudia Alencar, Adriano Toloza e Flávia Couto.

A peça mostra a relação de uma família dominada pelos interesses financeiros e pela hipocrisia nas relações cotidianas. Enquanto o pai está agonizando, a preocupação dos filhos Júnior (Adriano Toloza) e Regina (Flávia Couto), é com a herança. Eles tentam convencer a mãe Alzira (Cláudia Alencar) a já pensar na venda do imóvel e divisão do dinheiro.

 

1202244a42criacaodesitescrisoft

O Pai marca os 60 anos de carreira do ator Fulvio Stefanini.

http://www.deolhonacena.com.br/index.php?pg=3a3b&sub=120#linha

O premiado texto, do francês Florian Zeller, é inédito no Brasil. Completam o elenco: Carolina Gonzalez, Lara Córdulla, Carol Mariottini, Paulo Emílio Lisboa e Wilson Gomes.

O espetáculo pretende tratar a relação humana de forma sutil e delicada. Mostra o relacionamento entre pai e filha, com momentos de humor e passagens onde a emoção está à flor da pele.

O texto aborda as transformações que a passagem do tempo provoca nos personagens e no modo como eles interagem entre si e com as pessoas que os cercam.

download

Reestreia: Beatles para Crianças no Teatro Morumbi Shopping

Estreia dia 13 de agosto, sábado, às 15h, no Teatro MorumbiShopping.

Temporada: Sábados e domingos, às 15h.Temporada indeterminada.

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia).

Classificação: livre.

Duração: 70 minutos.

Capacidade: 250 lugares.

http://www.deolhonacena.com.br/

Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 13h às 20h. Sexta e sábado, das 13h às 21h e domingo, das 13h às 19h. Telefone: 5183-2800. Estacionamento Comum: até 2 horas – R$ 15,00. Demais horas: R$ 3,00. Estacionamento Valet: até 1 hora – R$ 18,00. Demais horas ou fração adicional – R$ 8. Estacionamento Motos: a cada 4 horas – R$ 10. Teatro MorumbiShopping. Endereço: Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1, Jardim das Acácias, São Paulo.

 

13903383_1040367052679657_8824780428489792771_n

Em Curitiba:

Rainhas do Orinoco

Sucesso na temporada paulistana, Rainhas do Orinoco chega a Curitiba pelo projeto Vivo EnCena nos dias 13 e 14 de agosto, no Guairinha.

Elenco: Walderez de Barros, Luciana Carnieli e o Dagoberto Feliz.

© Joao Caldas Fº
© Joao Caldas Fº

Sinopse: Mina (Walderez de Barros) e Fifi (Luciana Carnieli) são duas atrizes de teatro musical que ganham a vida com shows pela América Latina. Viajando em um barco pelo rio Orinoco, cantam e representam seus amores e seus sonhos em uma aventura repleta de lirismo, canções, drama e bom humor. A encenação foi construída a partir da estética do circo–teatro, tal qual ele existiu no Brasil até meados dos anos 60, que teve seu auge com Vicente Celestino, Gilda de Abreu, Tonico e Tinoco, José Fortuna, Circo Arethusa, Dercy Gonçalves, Grande Otelo, Oscarito, com os grandes circos e grandes melodramas.

Ficha Técnica

Texto: Emilio Carballido Tradução: Hugo de Villavicenzio. Direção: Gabriel Villela. Elenco: Walderez de Barros, Luciana Carnieli e Dagoberto Feliz. Figurino: Gabriel Villela Cenografia: William Pereira. Arranjos Instrumentais: Dagoberto Feliz. Direção Musical: Babaya. Iluminação: Caetano Vilela. Assistentes de direção: Ivan Andrade e Daniel Mazzarolo. Produção Executiva: Luiz Alex Tasso. Direção de Produção: Claudio Fontana. Patrocínio: Vivo. Duração: 90min. Classificação: 14 anos. Comédia.

Teatro Guaíra

Rua XV de Novembro, 971

Horário: Todos os dias de 10h às 22h

INTERNET: http://www.diskingressos.com.br/grupo/341

 www

No Rio

Gata em Telhado de Zinco Quentede Tennessee Williams, fez temporada em São Paulo e permanece em cartaz no Rio até final de agosto, no CCBB

A montagem do grupo Tapa tem como destaque a atriz Bárbara Paz, direção de Eduardo Tolentino de Araujo. No elenco, estão Bárbara Paz, Zécarlos Machado, Augusto Zacchi, André Garolli, Fernanda Viacava e Noemi Marinho. Os figurinos são da consultora de moda Gloria Kalil, e o cenário de Ana Mara Abreu e Alexandre Toro.

A idéia da montagem surgiu durante um estudo promovido pelo Grupo Tapa sobre a obra de Tennessee Williams e as adaptações geraram novas traduções organizadas pela pesquisadora teatral, professora universitária e tradutora Maria Sílvia Betti.

Esse trabalho foi registrado em livro pela editora É Realizações e já está no 4º volume da série. Quem assina a tradução de Gata em Telhado de Zinco Quente é Augusto Cesar .

Sinopse

A peça narra a celebração do aniversário de 65 anos de Paizão (Zécarlos Machado), um rico patriarca de uma família sulista americana. Ele recebe, ao lado de Mãezona (Noemi Marinho), a visita dos filhos Brick (Augusto Zacchi) e Gooper (Andre Garolli), acompanhados das respectivas esposas, Maggie (Bárbara Paz) e Mae (Fernanda Viacava). Paizão ignora que tem um câncer terminal. Gooper e Mae têm cinco filhos, esperam o sexto e cobiçam os milhões do velho. Brick, alcoólatra e ex-astro de futebol americano, vive um casamento infeliz e sem filhos com a frustrada Maggie, que o ama mas não é correspondida. Num dia de calor intenso, a ambição pela herança de Paizão deflagra conflitos de forma inesperada e implacável. Intimidades são dissecadas e expostas de forma devastadora, numa explosão de revelações pessoais e familiares.

Ficha Técnica:

Patrocínio: Banco do Brasil

Realização: Centro Cultural Banco do Brasil

Texto: Tennessee Williams

Tradução: Augusto Cesar

Direção: Eduardo Tolentino de Araujo

Elenco / Personagem:

Bárbara Paz / Maggie

Augusto Zacchi / Brick

Fernanda Viacava / Mae

Noemi Marinho / Mãezona

André Garolli / Gooper

Zécarlos Machado / Paizão

Figurino: Gloria Kalil

Cenário: Ana Mara Abreu e Alexandre Toro

Iluminação: Nelson Ferreira

Cenotécnicos: Jorge Ferreira e Denis Nascimento

Supervisão Musical e Sound Design: Marcelo Pellegrini

Produção Musical: Surdina

Hair Stylist: Ricardo Rodrigues

Fotos: Ronaldo Gutierrez

Arte: Rafael Branco

Produção Executiva: Paloma Galasso

Produção Geral: Cesar Baccan / Baccan Produções

Idealização: Grupo TAPA

Assessoria de Imprensa: JSPontes Comunicação – João Pontes e Stella Stephany

Serviço:

Teatro I do CCBB – Rua Primeiro de Março, 66, Centro / RJ   Tel: 21 3808-2020

HORÁRIOS: de 4ªa domingo, sempre às 19h / INGRESSOS: R$20,00 e R$10,00 (meia entrada) / Funcionamento bilheteria: de 4ªf a 2ªf, das 9h às 21h / CAPACIDADE: 172 lugares / CLASSIFICAÇÃO: 14 anos / DURAÇÃO: 120 min /GÊNERO: drama / TEMPORADA: até 21 de agosto

www2w

Shows no Teatro Bradesco de São Paulo

http://www.teatrobradesco.com.br/

 

IRA! FOLK”, voz, violão, guitarra…

13 de agosto de 2016

Sábado

21h00

Nasi e Edgard Scandurra voltam formam o Ira!, grupo de rock tem fãs por todo o Brasil e surgiu nos anos 80.

Nesse show, poucos instrumentos ao palco, num show intimista e clássicos do “lado B” da banda, como MUDANÇA DE Comportamento, Flerte Fatal, Bebendo Vinho, Um dia como hoje.

saqaq1

ELTON JOHN TRIBUTE & ROCKET BAND

14 de agosto de 2016

Domingo

20h00

O show Elton John & Rocket Band Tribute é um espetáculo que mostra a trajetória de Elton John, os principais sucessos de sua carreira.

Interpretado pelo maestro e cantor Rogério Martins, que é o único representante oficial do cantor no Brasil e sua banda Rocket Band.

wwqq

JOÃO CARLOS MARTINS & ARTHUR MOREIRA LIMA

13 de setembro de 2016

Terça-Feira

21h00

O repertório traz música clássica.

  1. S. Bach

Prelúdio nº 1 em dó maior do “Cravo bem Temperado”

  1. Chopin

Prelúdio nº 1 em dó maior

  1. Chopin

Prelúdio nº 20 em dó menor

  1. A. Mozart

2º Movimento do concerto nº21

Tom Jobim

“Insensatez”

Astor Piazzolla

“Adiós nonino”

Fone/Fax: (11) 3670.4100
Email: sac@teatrobradesco.com.br
Rua Palestra Itália, nº 500 • Loja 263 • 3° Piso
Perdizes • São Paulo • SP

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s